Passageiros de um voo da companha South African Airways (SAA) terão sido roubados, enquanto dormiam num voo de ligação entre de Joanesburgo e Hong Kong, na passada segunda-feira, avança o Sunday Times.

Os queixosos deram por falta de dinheiro e jóias que transportavam nas suas bagagens de mão colocadas nas arrumações por cima dos bancos.

Depois das queixas, a tripulação do voo alertou as autoridades e, quando o aparelho aterrou em Hong Kong, vários agentes entraram no avião. Misteriosamente, os bens acabaram por aparecer dentro do avião e foram recuperados.

Tlali Tlali, porta-voz da SAA, confirmou em declarações ao Sunday Times que dois passageiros do voo SA 286 abordaram a tripulação dizendo "que não encontravam os bens, dinheiro e um relógio". Um deles chegou a identificar alguns passageiros que considerou "terem se comportado de forma suspeita". Garantiam mesmo que os tinham visto a "abrir os compartimentos de bagagem de outros passageiros enquanto estes dormiam".

"Após a entrada da polícia no avião", explica Tlali Tlali, "os passageiros foram mandados desembarcar e só permaneceram no interior do aparelho os que tinham tido um comportamento suspeito para serem revistados". "Nada foi encontrado nos passageiros" e todos acabaram por ser libertados pelas autoridades.

No entanto, "os itens dados como desaparecidos acabaram por ser encontrados pela equipa de limpeza" e foram devolvidos aos proprietários.