A polícia estava numa operação contra a ocupação ilegal de casas, imigração ilegal e procurava cidadãos sem documentos a residir clandestinamente na cidade de Amesterdão, na Holanda. Durante uma das buscas domiciliárias depararam-se com um cenário que dá sentido à expressão “lavagem de dinheiro”.

As autoridades municipais informaram a polícia de que a casa estava desabitada. Durante as buscas no interior da habitação, os agentes encontraram 350 mil euros no tambor de uma máquina de lavar roupa”, descreve a polícia, num comunicado que vem acompanhado de uma fotografia dos molhos de notas de 20 euros e de 50 euros, enrolados no interior da máquina.

Além dos 350 mil euros, a polícia apreendeu ainda vários telemóveis, uma máquina de contagem de dinheiro e uma arma de fogo. O suspeito é um indivíduo de 24 anos, que não foi identificado.

Já foi presente a tribunal e responde agora por, entre outros crimes, ocupação ilegal de habitação, posse ilegal de armas e, claro, lavagem de dinheiro.