Uma dona de casa de Klebang, na Malásia, encontrou um medalhão, de origem portuguesa e datado do século XIII, quando preparava um tubarão para cozinhar, divulgou esta quarta-feira a comunicação social local, citada pela Lusa.

O medalhão, com um peso de cerca de 10 gramas, exibe, num dos lados, o perfil de uma mulher com uma coroa na cabeça. Na outra face é visível a figura de um crucifixo e uma inscrição, referiu a mesma fonte.

De acordo com um historiador local, citado pelo diário «The Star», o perfil feminino pertence à rainha Isabel, consorte do rei D. Dinis, que governou Portugal de 1279 a 1325.

A mulher que fez a descoberta, Suseela Menon, de 47 anos, encontrou o objeto dentro de um tubarão, que tinha comprado num mercado local. «Decidimos não comer o tubarão, uma vez que o objeto parece ter elementos religiosos», afirmou Suseela, em declarações ao jornal.

Para a dona de casa, mãe de duas crianças, a descoberta «foi uma bênção para a família».

O medalhão, com 7,4 centímetros de comprimento e seis de largura, pode ter sido transportado por um soldado ou missionário português durante a colonização da Malásia (Malaca) em 1511. A cidade malaia esteve sob domínio português entre 1511 e 1641.