Uma píton atacou o microfone de uma jornalista quando esta, ironicamente, gravava uma reportagem sobre segurança com cobras.

O caso aconteceu esta quinta-feita com Sarah Cawte, jornalista da Nine News, na Austrália, quando esta tinha a píton aos ombros.

A reportagem estava a ser acompanhada pelo tratador do animal, no momento em que a cobra atacou três vezes o microfone da repórter.

 

Eu estava com medo porque a minha mão estava muito perto do microfone. Foi muito assustador", contou Sarah ao canal australiano.

Apesar do susto, Sarah e a equipa levaram a situação com humor: "bem, eles podem não ser o animal favorito de muita gente, mas, muitas delas, têm mais medo de vocês, do que vocês têm delas", continuou a repórter.

Sarah pediu para a equipa retirar o animal assim que conseguiu gravar.

"Disse ao tratador: Tira a cobra de cima de mim, não a quero mais", relatou a jornalista.

O canal de notícias partilhou o momento nas redes sociais, que classificou como uma "situação escorregadia".

 A repórter Sara Cawte teve um dia no escritório que nunca esquecerá, depois de se deparar com uma situação escorregadia", escreveu o Nine News, no Twitter.

 
l. Nas redes sociais, a emissora Nine News da província de Queensland brincou com a situação.