As máscaras cirúrgicas têm sido a proteção mais comum para fazer face ao coronavírus, no entanto, há quem vá mais longe.

Foi o caso de um passageiro da companhia aérea chinesa China Eastern Airlines, que viajou entre Xangai e Perth, na Austrália, com um capacete de motociclista. Acrescente-se que a viagem teve a duração de nove horas.

O homem foi fotografado durante o voo, que teve lugar na quarta-feira.

Outro passageiro contou à imprensa local que todos os que seguiam no voo foram borrifados pelas autoridades de saúde australianas antes de abandonarem o avião.

/ PC