Uma mulher esperava no altar quando percebeu que o noivo nunca mais chegava. Decidida a casar-se na mesma, acabou por chamar um dos padrinhos, que aceitou a mão. Tudo isto aconteceu em Maharajpur, na Índia, numa história agora divulgada pelo jornal Tribune.

Ambas as famílias ainda tentaram procurar o noivo "original", mas a mulher ficou com um desgosto tão grande, que se fartou de esperar, e atirou noutra direção.

A família da noiva também se cansou de esperar, e mais tarde acabou por perceber que o noivo não estava desaparecido ou atrasado. Em vez disso, fugiu deliberadamente, ainda que não se conheçam as verdadeiras razões.

A realização de um casamento diferente acabou por ser proposta de um dos convidados do lado do noivo, que vendo a noiva tão destroçada, sugeriu que houvesse casamento na mesma, mas com um dos padrinhos do noivo.

A família da mulher consultou os diferentes padrinhos, e acabou por selar a união com um deles. Depois da cerimónia, acabou por apresentar queixa na polícia contra o homem com quem a filha tinha planeado casar-se.

António Guimarães