Uma família invadiu um hospital na Colômbia e retirou do edifício o corpo de um familiar do que tinha falecido de covid-19 e transportou-o na própria maca. O caso aconteceu na última quinta-feira, na cidade de Fundación, em Magdalena, na Colômbia.

Segundo o site colombiano de notícias RCN, os familiares de Ramón Eliecer Quintero, de 59 anos, não concordaram com o diagnóstico médico e com as regras que se aplicam agora em tempos de pandemia, ou seja, funerais rápidos e com poucas pessoas presentes. 

A família alegou que o hospital "deixou o doente morrer" e questionou o relatório médico.

A filha da vítima, Rosa Katerine Quintero disse que a família decidiu retirar o corpo do familiar da morgue do hospital porque "já estava em decomposição".

O hospital pronunciou-se sobre o caso e diz que as alegações da família são "falsas", uma vez que o óbito tinha sido declarado durante a madrugada e que, nesse momento, a família foi imediatamente avisada.

Em comunicado, o hospital referiu ainda que Ramón Eliecer Quintero foi "abandonado" pelos familiares enquanto esteve internado" e que durante esse período "recebeu todos os cuidados médicos necessários".

Veja o vídeo do momento em que tudo aconteceu:

Lara Ferin