Um homem foi detido pela polícia chinesa depois de ter espalhado aquilo que a imprensa descreveu como uma "chuva de notas" sobre as pessoas que iam a passar na rua do seu apartamento.

As autoridades acreditam que o suspeito, de 29 anos, estaria sob o efeito de mentanfetaminas quando decidiu atirar o dinheiro da janela do seu apartamento no 30.º andar de um edifício da cidade de Chongqing, no sudoeste da China.

O incidente acabou por condicionar o trânsito, com várias pessoas a pararem os carros para tentarem apanhar as notas.

A polícia foi chamada ao local e acabou por deter o homem. Em comunicado divulgado mais tarde, as autoridades confirmaram que o suspeito tinha tomado drogas, razão pela qual foi detido.

Os meios de comunicação locais referem que a situação ocorreu a 17 de outubro, mas que só foi confirmada mais tarde.

António Guimarães