O casamento de Eder Meneghine, arquiteto brasileiro de 60 anos, esta terça-feira na ilha da Gigóia, Rio de Janeiro, foi marcado por uma surpresa que chocou todos os 120 convidados.

Avisados de que a noite seria inesquecível, quem recebeu o convite para celebrar a união entre Eder e Dyl Reis não imaginava que quem iria subir ao altar para dizer o “sim” era um noivo totalmente diferente.

Na verdade, não foi Dyl que deu o nó, foi o chefe de cozinha Hugo Oliveira - antigo namorado do noivo.

A verdade por trás deste insólito é explicada na coluna de Ancelmo Gois, no jornal “O Globo”. Menos de 24 horas antes de os convidados chegarem ao evento Eder e Dyl tiveram uma discussão que motivou a separação repentina. 

Porém, Eder não desanimou e manteve a festa que só precisava de uma coisa para acontecer...outro noivo.

O convite aconteceu imediatamente. "És o homem da minha vida” - perguntou Eder a Hugo - “Queres casar comigo amanhã?". A resposta imediata de Hugo foi um sim extasiante, seguido por muita emoção.

"Ninguém ali nunca vai esquecer aquela noite, isso eu tenho certeza. Mas não vai ser pela beleza do lugar ou pela qualidade da comida e bebida. Mas sim pela surpresa, pela experiência que eles vivenciaram naquele momento", concluiu Eder Meneghine, em entrevista ao jornal G1.

Redação / HCL