Analisar a qualidade do pasto e otimizar a produção do leite de ovelha é o objetivo da empresa pública de pesquisa agropecuária e extensão rural (Epagri), do estado brasileiro de Santa Catarina, que colocou as suas ovelhas de fraldas e microfones para monitorizar o comportamento dos animais.

Perante os olhares estranhos da população, que começou a partilhar as fotografias nas redes sociais, a Epagri explicou que o estudo que está a ser realizado pretende analisar o processo de alimentação das ovelhas, para assim melhor definir qual a altura ideal do pasto, o que deverá melhorar a qualidade da produção do leite.

Ao controlarem o pasto, os especialistas esperam poder definir o ganho de peso do animal, o quilo de peso vivo por hectare e a produção diária de leite.

A utilização das fraldas serve para análise do volume de fezes e urina, para perceber a quantidade de pasto que cada ovelha consome. As ovelhas estão também equipadas com microfone e gravador, para que os investigadores possam monitorizar durante quanto tempo pastam.

Um dos pesquisadores da Epagri explicou à Globo que uma boa altura da erva pode significar um aumento de 30% na produção de leite.

Todas as ovelhas são pesadas antes e depois de comerem.