Uma família norte-americana descobriu, cerca de uma semana depois de comprar e decorar a árvore de Natal, que tinha uma coruja em casa a viver entre os ramos do pinheiro. 

À Associated Press, Katie McBride Newman disse que ela e a filha encontraram a coruja no dia 12 de dezembro, cerca de uma semana depois de terem comprado a árvore e a terem levado para casa, na cidade de Atlanta, decorando-a com luzes e enfeites de Natal. 

"Foi surreal, mas não ficámos assustadas", disse Katie. "Adoramos a natureza". 

Para fazer sair a coruja, a família decidiu abrir portas e janelas junto da árvore de Natal, mas não resultou. "A coruja parecia muito confortável", admitiu Billy Newman, o marido de Katie. 

O casal pediu então ajuda a uma organização, que conseguiu atrair e apanhar a coruja, levando-a de volta para a natureza. 

A família acredita que a coruja esteve na árvore durante todo o tempo em que a tiveram em casa. "Achamos que estava lá abraçada ao tronco", explicou Katie. "Era uma árvore muito densa e viçosa. Foi por isso que a escolhemos", sublinhou.