Um monólito misterioso foi descoberto numa zona remota do Utah, nos Estados Unidos, quando funcionários estatais estavam a contar ovelhas a partir de um helicóptero.

Esta é provavelmente a coisa mais estranha com que já me deparei em todos os meus anos de voo", começou por contar o piloto do helicóptero, Bret Hutchings, à imprensa norte-americana.

A estrutura foi avistada por um dos biólogos que acompanhava o piloto: "Ele gritou, 'Ei ei ei, dê a volta, dê a volta!' E eu disse, 'O quê?' E ele disse, 'Está uma coisa ali atrás - temos de ir ver!'", relatou Bret.

Naquele lugar remoto, no meio das rochas vermelhas, projetava-se um monólito de metal prateado e brilhante. A estrutura, com aproximadamente três metros de altura, parece ser feita de metal. 

Não parece que tenha sido largado aleatoriamente no chão, mas sim que tinha sido plantado", considerou o piloto.

"Nós ainda brincámos que, se um de nós desaparecesse de repente, o resto fugia", atirou Hutchings. Ainda assim, o piloto afirmou acreditar que provavelmente foi colocado ali por um artista, e não por um alienígena.

Presumo que seja algum artista new wave ou algo assim, ou alguém que era um grande fã do filme Odisseia no Espaço", afirmou, referindo-se a uma cena no filme de 1968, onde aparece um monólito negro.

De qualquer forma, é ilegal instalar estruturas ou obras de arte em território público, sem permissão, "independente do país de onde venha", indicaram as autoridades do Utah, em comunicado.

A localização exata do monólito não foi revelada e desconhece-se quem (ou o que) terá deixado o monólito naquele lugar.

Rafaela Laja