Um homem ficou preso dentro de um ginásio no passado dia 12 de janeiro no estado do Utah, Estados Unidos. Apesar de as instalações estarem abertas durante 24 horas, os últimos funcionários que saíram acabaram por fechá-las à chave.

Dan Hill só percebeu do sucedido quando saiu da piscina, onde estava a treinar, e reparou que já não estava ninguém no ginásio 24 Hour Fitness, na cidade de Sandy. Acabou por contactar os responsáveis do ginásio, até porque não queria deixar as instalações, uma vez que isso podia acionar o alarme e levar a polícia a pensar que se tratava de um ladrão.

Ao início pensei que era divertido. Um pouco como no "Sozinho em Casa". Do género: 'Tenho o ginásio todo para mim'", referiu ao KTVX.

Acabou por partilhar o desenrolar do insólito durante a noite, mostrando boa disposição, apesar do incómodo.

Apenas 19 minutos depois do primeiro post publicado no Facebook, três agentes da polícia local apareceram para retirar o homem do ginásio, momento que também foi partilhado nas redes sociais.

Através das publicações feitas, Dan Hill ironizou com a situação: "O nome não sugere que devia estar aberto 24 horas? Ando de um lado para o outro a tentar descobrir como sair".

Já depois das partilhas feitas no Facebook, o homem acabou por colocar uma outra, onde afirma que se sentiu mal por "qualquer má publicidade que possa ter causado".

Apesar disto, continuo a adorar o meu 24 (mesmo que agora seja o meu 20)", referiu.

O 24 Hour Fitness acabou por partilhar um comunicado, no qual pede desculpa a Dan Hill pela sua "infeliz experiência".

Tomámos a decisão de fechar alguns ginásios entre as 00:00 e as 04:00, com base no pouco uso, entre outros fatores. Claramente não fizémos um bom trabalho nos procedimentos de encerramento e vamos tentar que este incidente não ocorra novamente no futuro", pode ler-se na nota.