Um casal está a ser acusado de abandono e negligência nos Estados Unidos, depois de terem deixado a sua filha adotiva sozinha durante três anos. Kristine e Michael Barnett afirmam que a rapariga adotada se fez passar por uma criança quando, na realidade, já era uma adulta.

Natalia Grace foi adotada quando se pensava ter 6 anos, em 2010. Três anos depois, os seus pais adotivos fugiram para o Canadá e cortaram o contacto com a rapariga. A versão do casal é de que Natalie Grace é uma anã, hoje com 28 anos, e que apresenta traços de sociopatia, tendo inclusivé tentado matar os pais adotivos.

A história foi agora desvendada pelo casal Barnett ao Daily Mail, numa tentativa de se defenderem das acusações de que são alvo por parte da polícia do estado do Indiana. As autoridades afirmam que Natalia Grace, de cidadania ucraniana, foi deixada indefesa durante três anos, afirmando também que a criança sofre de uma rara forma de nanismo, o que faz com que tenha apenas 91 centímetros e dificuldades em mover-se.

Contrariando a versão da polícia, o casal Barnett afirma que eles é que são as vítimas deste caso, acrescentando que foram aterrorizados e ameaçados pela rapariga durante anos.

Ela dizia coisas e fazia desenhos a dizer que queria matar a família, embrunhá-los numa manta e colocá-los no jardim", afirmou Kristine Barnett ao Daily Mail.

 Antes das acusações, tanto Kristine como Michael Barnett foram descritos como pais exemplares, nomeadamente por terem criado o seu filho Jake, que foi diagnosticado com autismo aos dois anos de idade. A criança acabaria por crescer como um verdadeiro génio.

Eu vi-a a colocar químicos, lixívia, no meu café e perguntei-lhe o que ela estava a fazer. 'Estou a tentar envenenar-te', respondeu-me", conta a mãe adotiva.

A primeira vez que Kristine Barnett suspeitou que algo estaria errado foi quando viu a rapariga totalmente nua pela primeira vez. Natalia Grace tinha pelos púbicos. O evoluído vocabulário da rapariga também terá despertado a atenção dos pais adotivos.

A Natalia era uma mulher. Tinha o período. Tinha dentes de adulto. Nunca cresceu um centímetro, o que aconteceria mesmo se ela fosse uma criança com nanismo", acrescentou.

O casal regressou à cidade de Lafayette e entregou-se às autoridades nos dias 18 e 19 de setembro. Ambos saíram sob fiança de cinco mil dólares (cerca de 4500 euros). Kristine e Michael Barnett acreditam poder provar a sua versão da história. O paradeiro de Natalia Grace é desconhecido.