Uma mulher de 67 anos evitou dois assaltos num complexo residencial da cidade de São Bernardino, no estado da Califórnia. A primeira vítima de Donald Robert Prestwood foi má escolhida, porque Lorenza Marrujo sabe artes marciais.

O assaltante, de 59 anos, decidiu entrar na casa da mulher durante a noite, mas acabou por ser surpreendido. Lorenza Marrujo apercebeu-se da invasão e atacou o suspeito com um taco de basebol. O homem fugiu dali, mas acabou por permanecer no complexo residencial, onde decidiu tentar assaltar outra casa.

Para azar de Donald Robert Prestwood, a segunda vítima escolhida era Elizabeth McCray, uma idosa de 81 anos que é amiga e vizinha de Lorenza Marrujo. A mulher, sempre atenta, acabou por se aperceber da segunda tentativa, dirigindo-se então à casa do lado, onde aplicou todos os seus conhecimentos de jujitsu para imobilizar o ladrão.

Tive de lhe dobrar os dedos para trás, para que ele saísse dali. Ele estava a gritar porque essa é uma das minhas técnicas, dobrar os dedos. Depois bati-lhe com o cotovelo duas vezes no esterno", disse a heroína desta história ao The San Bernardino Sun.

Elizabeth McCray agradeceu o gesto da vizinha, e que confessou à CBS que não esperava algo assim: "Não esperava que ela fosse tão corajosa. Ainda lhe disse para ter cuidado, que ele ia matar-nos, mas ela disse-me 'não esta noite'".

A idosa acabou por ser levada para o hospital, onde passou a noite em observação.

O porta-voz da polícia de Fontana, Jennie Venzor, relembrou que este tipo de casos deve ser resolvido pela polícia. Ora, Lorenza Marrujo chamou as autoridades, mas acabou por não esperar e decidiu intervir ela mesmo.

Ela disse-me que colocou o treino em prática, foi como uma memória física. Ela sabia que tinha de ajudar a amiga", acrescentou.

Donald Robert Prestwood foi detido e vai enfrentar acusações por abuso de pessoa idosa. Está na prisão de West Valley sob uma fiança de 150 mil dólares, cerca de 127 mil euros.

António Guimarães