Um casal norte-americano que se preparava para viajar de Lubbock para Las Vegas foi surpreendido ao ser alertado, pela funcionária de uma companhia aérea, que a bagagem tinha excesso de peso.

Kristi e Jared Owens decidiram abrir a mala para verificar o que poderia estar a causar aqueles dois quilos a mais, até porque não queriam pagar a taxa extra associada ao excesso de peso. Ao abrirem a bagagem, para surpresa de todos, encontraram a sua cadela de estimação, Icky, escondida dentro de uma bota.

Sabes que vai ser uma viagem épica a Vegas quando chegas ao aeroporto para verificar as tuas malas e sai o teu chihuahua dentro de uma bota. É surreal”, escreveu Kristi, na rede social Facebook.

Chocados com a situação, Kristi e Jared Owens chegaram a temer que os funcionários do aeroporto os impedissem de entrar no voo e que pensassem que eles tinham levado o cão, que pesa pouco mais de dois quilos, escondido de propósito.

A sair da bota estava a pequena cabeça de Icky a balançar para cima e para baixo com a língua de fora. Quem me dera que houvesse uma imagem das nossas caras quando abrimos a mala e a vimos", afirmou Jared, citado pelo jornal The Washington Post.

Segundo o casal, a cadela devia ter ficado em casa junto dos outros animais de estimação - dois cães, um coelho e um peixe - e dos dois filhos do casal, que ficaram aos cuidados da avó.

Kristi acredita que o animal se escondeu dentro do calçado quando Jared acrescentou os seus pertences à mala na manhã do voo.

As últimas coisas que pus nesta mala foram estas botas", explicou Jared, que lembrou que Icky gosta de se esconder.

Por sorte, um tio de Jared mora perto do aeroporto e foi até lá buscar o chihuahua. Assim, o casal pôde finalmente retomar a viagem rumo a Las Vegas. Antes disso, a hospedeira de terra que tratou do caso ofereceu-se para ficar com Icky até ao regresso de Kristi e Jared.

De resto, o casal aponta que Cathy Cook foi muito prestável durante todo o processo.

Redação / IC