Um grupo de trabalhadores de um Burger King no Nebraska, nos EUA, mudou o letreiro que se encontra no exterior do restaurante e tornou-se viral nas redes sociais. Os empregados decidiram escrever, no sábado, por volta das 6 da manhã, uma mensagem de despedimento coletivo para a gerência.

Despedimo-nos todos. Pedimos desculpa pelo inconveniente”, escreveram os trabalhadores.

A ex-gerente de loja Rachael Flores disse, ao canal de televisão Channel 8, que nunca pensou que uma simples mensagem se tornasse tão viral.

A mensagem foi colocada antes do restaurante abrir. Pensei que ninguém ia dar por isso, mas rapidamente ficou viral no Facebook. Momentos depois, recebi uma chamada da gerência a pedir que retirasse o que estava escrito".

 

Os trabalhadores dizem ter deixado o emprego por falta de condições: "Despedimo-nos porque a gerência era uma piada e não se preocupava comigo nem com os meus empregados", escreveu Rachael, na rede social Facebook.

Os empregados queixam-se de não existir ar condicionado e de as temperaturas chegarem aos 32º graus dentro da cozinha. Por causa das temperaturas elevadas e da desidratação, a ex-gerente acabou mesmo por ir parar ao hospital. 

O despedimento coletivo teve início depois de Rachael Flores ter apresentado a sua demissão.

Após um total de cerca de seis horas, a mensagem "Despedimo-nos todos" foi substituída por "Estamos a contratar. Horários flexíveis".

Um porta-voz do Burger King, após saber da situação, divulgou uma declaração: "A experiência de trabalho descrita neste local não está de acordo com os nossos valores de marca. Estamos a analisar esta situação para garantir que isto não aconteça no futuro", cita a estação de televisão CNN.

Redação / IC