onde surge com a família com armas na mão

Walk the Talk

“O quê, estão a brincar comigo? Estou prestes a voar para Paris e dar-lhes um tiro na cabeça eu mesma! Não concordo com os refugiados sírios. Não me sinto bem com os terroristas. Estou a favor de abatê-los, apaga-los, de pôr um pedaço de metal nas suas cavidades oculares e acabar com a sua existência miserável. Estou bem com isso”.


famílias dos terroristas deviam ser liquidadasdeveria ser barrada a entrada de muçulmanos

The Independent

“Não vou recuar… Nunca disse que dispararia contra um refugiado sírio, ponto final. Eu disse que se fosse um terrorista ou eu, não hesitaria em matar um terrorista… ponto final”.