Francisco Herrera Argueta, de 55 anos, tentou escapar da prisão de máxima segurança de San Pedro Sula, nas Honduras, na tarde deste domingo, ao vestir-se de mulher.

O recluso, que está detido desde setembro de 2015, vestiu uma saia comprida, uma peruca loira e uns óculos de sol, com o intuito de enganar os guardas prisionais.

O homem tentou escapar da prisão ao juntar-se aos familiares de outro recluso, mas o seu plano não funcionou. Os guardas prisionais conseguiram impedir a fuga, quando repararam que o recluso caminhava de uma forma estranha em cima dos saltos altos, e que tinha uma voz masculina.

“A maquilhagem não conseguia esconder o facto dele ser homem”, disse o porta-voz policial Bayon Sauceda.

De acordo com os jornais El Heraldo e Prensa Libre, o recluso está detido desde setembro de 2015 por homicídio. No entanto, o jornal La Prensa avança que Herrera foi detido por violação de menores.

Agora, o homem irá enfrentar uma punição adicional pela tentativa de fuga, de acordo com os funcionários da prisão de San Pedro Sula.