Um homem chegou a um hospital a queixar-se da barriga, na região do Rajastão, Índia. Depois de examinarem o indivíduo com recurso a radiografia, os médicos chegaram à conclusão que este tinha ingerido 116 pregos. Bhola Shankar, de 42 anos, tem sorte em estar vivo.

O episódio ocorreu no passado dia 13 de maio e a cirurgia foi realizada no dia seguinte. Depois de terminada a operação de remoção dos pregos, os médicos contabilizaram um total de 116 objetos, a maioria deles com 6.5 centímetros.

Shankar, que trabalha como jardineiro, foi incapaz de explicar o motivo que o levou a ingerir os pregos. Os médicos não têm ideia por quanto tempo os objetos estiveram no estômago do homem, que miraculosamente não foi danificado. Além dos 116 pregos, um longo cabo e uma bola de ferro foram encontrados no estômago do indiano.

Aos meios de comunicação indianos o cirurgião Anil Saini, que conduziu a operação, confessou-se “espantado” depois de ver a radiografia, que viria a ser confirmada com uma TAC. Embora esteja consciente e a recuperar bem da operação, Shankar continua a não conseguir explicar o que o levou a comer os objetos. A cirurgia demorou perto de uma hora e meia.

Os pregos podiam ter sido fatais se algum deles tivesse passado para o intestino”, disse o cirurgião que operou Shankar

As suspeitas são de o homem poder sofrer de Pica, uma condição que se apresenta como um distúrbio alimentar que leva o doente a ingerir coisas não comestíveis, como foi o caso de Shankar com os pregos.