Um gatinho branco, faminto, andava a vaguear pelas ruas do México, à porta de um supermercado, quando conheceu Tania Tovar. A mulher, que não conseguiu ficar indiferente ao animal, acabou por lhe fazer uma festa, mas não estava à espera do que se seguiu. 

O gato entrou com ela no estabelecimento e conduziu-a até à secção da comida animal e mostrou-lhe o que queria.

“Conejo, o gato inteligente que guia as pessoas para que comprem a sua comida favorita”, contou Tania nas redes sociais.

O momento foi captado e rapidamente se tornou viral. A mulher acabou por adotar o gato e deu-lhe o nome de Conejo, coelho em português, por este não ter cauda.

“Antes do Conejo aparecer bonito nas fotografias, tivemos de curar muitas feridas que tinha. Não sabemos se foi maltratado por outras pessoas ou se foram outros animais na rua”, disse.

Agora, o animal está bem de saúde e até já tem uma conta no Instagram.

“Antes de o trazermos para casa não tínhamos animais, mas acredito que ele nos deu uma grande lição, temos de mostrar respeito, amor e empatia por todos os seres”, referiu ainda Tania.

Em Portugal, segundo a dados da PSP, o abandono de animais duplicou em março, em comparação com os números do ano passado.

Márcia Sobral