Foram várias as imagens nas redes sociais que fizeram com que um professor de matemática, nos Estados Unidos, recebesse imensos elogios. Não foi pela beleza, nem pela forma física, mas pelo gesto de, durante uma aula, ter segurado e cuidado da bebé de um aluno.

Segundo o BuzzFeed, Wayne Hayer decidiu levar a filha Assata para a aula de matemática por não ter conseguido encontrar, atempadamente, uma babysitter para aquele período.

Quando o professor, Nathan Alexander, percebeu o porquê de o aluno ter levado a filha, Nathan decidiu manter a criança ao colo durante os 50 minutos de aula, para que Wayne pudesse “tirar bons apontamentos”.

Eu não tenho filhos (...) e estava preocupado que ela começasse a chorar, mas, na verdade, correu tudo perfeitamente. Ela foi super bem comportada”, disse o professor.

Alexander, de 34 anos, dá aulas na faculdade de Morehouse, uma instituição exclusivamente masculina, frequentada apenas por afro-americanos, em Atlanta, Geórgia. Um dos alunos mais famosos foi o ativista Martin Luther King Jr.

O professor disse a Hayer que ele poderia levar a filha para a aula sempre que precisasse, depois de perceber que o aluno muitas vezes tinha de sair mais cedo para cuidar dela.

Ele tem dois empregos, é estudante a tempo inteiro, está envolvido em programas de liderança na faculdade e é pai”, contou Alexander.

O professor disse ainda que balançou a bebé para cima e para baixo durante a aula e chegou mesmo a fazer piadas com a situação.

Quando ela começou a adormecer, eu disse à turma: 'Acho que agora estou a ser chato'."

A imagem foi partilhada milhares de vezes e tornou-se viral nas redes sociais.

Tanto o professor como o pai de Assata foram bastante elogiados pelos seus gestos.

Numa publicação no Facebook, Firda Hayer, mãe de Assata, agradeceu todo o amor e apoio que a sua família tem recebido. 

Cláudia Évora