De Israel surgiu a primeira máscara que pode ser utilizada durante as refeições. A invenção é composta por um controlo remoto, que permite que a máscara se abra ou feche.

Nas redes sociais, são vários os utilizadores a comparar esta nova máscara com o “Pacman”, personagem principal do famoso videojogo dos anos 80.

Os inventores israelitas acreditam que esta possa ser a solução para tornar as visitas aos restaurantes menos arriscadas. Contudo, avisam que a utilização desta máscara pode tornar-se complicada ao comer alimentos como gelados ou alimentos com molhos.

A máscara abre-se mecanicamente através de um controlo remoto ativado pela mão do utilizador ou automaticamente quando um garfo se aproxima”, explicou Asaf Gitelis, vice-presidente da Avtipus Patents and Inventions, empresa responsável pela criação.

Os restaurantes reabriram na segunda-feira, na segunda fase de desconfinamento, mas continuam a ser lugares que podem potenciar a propagação do novo coronavírus. O risco de contágio aumenta pelo facto de os clientes serem, fisicamente, incapazes de ingerir as refeições sem terem de retirar a máscara.

Nuno Mandeiro