Um casal sul-coreano vandalizou acidentalmente uma peça de arte, após ter pensado que a obra era de carácter participativo.

De acordo com a Reuters, o casal tomou a decisão de pintar por cima da obra de arte porque viu pincéis e tinta por baixo do quadro em exposição.

De facto, os instrumentos estavam dispostos daquela forma, porque a obra havia sido pintada pelo artista de rua americano JonOne ao vivo e em frente a uma audiência de espectadores em Seoul.

 

O quadro está avaliado em 500 mil dólares (425,6 mil euros). 

O casal foi identificado a partir de câmaras de videovigilância depois de os organizadores da exposição terem reparado nas pinceladas frescas. 

Kang Wook, diretora da exposição no Lotte World Mall, disse à Reuters que estava em conversações com o artista sobre o restauro da obra de arte.

A organização, no entanto, decidiu não apresentar queixa contra o jovem casal, por considerar tratar-se de um “erro acidental”.

Eles acharam que se tratava de uma peça participatória e cometeram um erro”, sublinhou Kang.

Depois do incidente, a peça está agora exposta num local mais difícil de aceder, com uma barreira e um sinal que diz “Não Tocar”.