Para escaparem às restrições impostas pela pandemia, um casal indiano decidiu celebrar a sua união nos ares, alugando um Boeing 737 para realizar o casamento na presença de mais de 160 convidados.

Aconteceu na Índia, o segundo país do mundo com mais casos positivos de covid-19, doença que já causou mais de 300.000 mortos.

De acordo com um vídeo partilhado nas redes sociais por um jornalista indiano, é possível ver um casal de pé num avião, identificados como Rakesh e Dakshina, rodeados por várias pessoas a filmá-los, sem qualquer distanciamento social.

O avião foi alugado durante duas horas e a tripulação não estaria de serviço, de acordo com a autoridade indiana de aviação, que já abriu um inquérito ao caso.

Segundo a SpiceJet, o avião foi fretado por uma agência de viagens, para uma deslocação pós-casamento.

O voo partiu de Madurai, no estado de Tamil Nadu, onde os casamentos estão limitados a 50 convidados, com destino a Bangalore.

A SpiceJet adiantou, ainda, que o cliente foi "informado das regras sanitárias a cumprir e que não foi autorizada a realização de qualquer atividade a bordo".

Redação / CM