A ministra da agricultura da Áustria, Elisabeth Kostinger, condenou, nesta quinta-feira, o desafio lançado por uma aplicação na Suíça, que incita pessoas a beijarem vacas. O desafio lançado na quarta-feira insere-se numa ação de angariação de fundos para a caridade.

A responsável do governo austríaco avisa que este tipo de ações “pode trazer graves consequências”, apontando a possível agressividade das vacas e as potenciais doenças dos animais.

A aplicação Castl pede a todos os utilizadores que beijem as vacas, “com ou sem língua”.

A ministra é apoiada pela federação de agricultura da Áustria, que, inclusivamente, alertou para “o fim dos pastos” austríacos, se o desafio continuar.

O governo da Áustria já publicou regras de conduta para as pessoas que passem nas zonas montanhosas, que têm bastante gado.

Simplesmente não percebo”, disse a ministra da agricultura da Áustria

 

 

Kostinger relembrou que os pastos "não são um jardim zoológico", avisando que as vacas que tenham crias podem tornar-se bastante agressivas para os proteger.

Ao jornal Kurier um veterinário diz que esta prática "coloca em risco a pessoa e o animal".