Uma turista norte-americana devolveu um bloco de mármore roubado durante uma viagem a Roma, em Itália. A pedra, que se acredita ter sido tirada do Fórum Romano, foi entregue com a inscrição: “Para o Sam, com amor, Jess. Roma 2017”.  

O fragmento que foi entregue no Museu Nacional Romano vinha acompanhado por um bilhete que pedia desculpa pela "atitude desrespeitosa". 

As autoridades assumem que foi enviado pela "Jess" que escreveu no mármore. 

De acordo com fonte do museu, a suspeita terá passado “horas a esfregar e a limpar” a mensagem que estava escrita na pedra, ainda que sem sucesso.

O diretor do museu, Stéphane Verger, contou ao jornal italiano Il Messaggero que a pedra tinha pouco valor e que deve ter sido roubada no Fórum Romano, o antigo centro nevrálgico de Roma, que agora se encontra em ruínas.

Verger afirmou ter-se sentido comovido com o gesto de “Jess”, a principal suspeita. “Afetou-me precisamente por ser uma jovem mulher que percebeu que o que fez estava errado. Foi um gesto espontâneo, mas fruto de uma reflexão consciente”.

Sobre o porquê do gesto, Verger sugeriu que poderá estar ligado a um caso semelhante, em que uma mulher canadiana devolveu vários objetos roubados durante uma viagem a Pompeia.

A mulher em questão, conhecida como Nicole, enviou uma encomenda com dois mosaicos, uma peça de cerâmica e partes de uma ânfora a um agente de viagens da famosa cidade e confessou o crime numa carta onde dizia acreditar que os objetos estariam “amaldiçoados”, depois de ter sido diagnosticada com cancro da mama por duas vezes.