Um homem turco foi dado como desaparecido após uma saída à noite, nos subúrbios de İnegöl, na Turquia, e acabou por ser encontrado a participar nas buscas por si mesmo. 

A polícia turca enviou várias equipas de busca e salvamento para o bosque onde Bayhan Mutlu, de 50 anos, foi visto pela última vez. Devido à vastidão da área, as autoridades aceitaram a ajuda da população local, que conhecia bem o terreno. 

Os primeiros sinais não eram animadores, uma vez que na área não existia rasto do homem e algumas pessoas começaram a esperar o pior.

Sem qualquer sinal do Bayhan, a preocupação começou a aumentar e um dos membros da equipa de busca e salvamento começou a gritar desesperadamente o nome do homem, até que, nesse momento, o impensável aconteceu.

Um dos homens que ajudava nas operações parou, olhou para toda a gente e perguntou: “Afinal, estamos à procura de quem? Eu estou e sempre estive aqui".

A imprensa local não é clara como ou quando é que Mutlu se juntou à equipa, tão pouco como é que o seu grupo de amigos não o reconheceu durante as operações de busca.

De acordo com a imprensa turca, o homem acabou por ser levado a casa em segurança pelas autoridades.