A fundadora empresa de roupa feminina Spanx decidiu oferecer a todos os seus trabalhadores dois bilhetes de avião de primeira classe para qualquer parte do mundo e 10 mil dólares (cerca de 8,6 mil euros) para gastar na viagem.

Esta oferta vem depois de a Spanx ter fechado um negócio com a empresa Blackstone, no valor de 1,2 mil milhões de dólares.

Quando comecei a empresa, escrevei que ela iria um dia valer 20 milhões de euros. Mas, toda a gente se riu de mim”, afirmou Sara Blakely, num discurso emotivo.

A fundadora aproveitou ainda a ocasião para falar da importância das mulheres no mundo dos negócios e de como estas tem poucos fundos para as suas ideias.

 50% dos empreendedores são mulheres, mas apenas 2,3% do financiamento de capital de risco vai para mulheres. Só para verem como existe um grande fosso, salientou.

No seu brinde prestou homenagem "às mulheres que vieram antes de mim, e a todas as mulheres do mundo que não tiveram esta oportunidade".

O momento em que Sara Blakely oferece as viagens foi partilhado na sua conta de Instagram e é possível ver o choque e a emoção das trabalhadoras.

Foi um anúncio emotivo cheio de lágrimas felizes, reconhecendo o quão longe chegámos. Quero realmente que cada empregado celebre este momento à sua maneira e crie uma memória que lhes dure uma vida inteira”, expressou.

 

Redação / IC