Um deputado canadiano foi apanhado praticamente nu durante uma reunião virtual da câmara dos comuns. William Amos já veio pedir desculpa, depois de ter aparecido completamente despido, apenas com o telemóvel a tapar as partes privadas.

Eleito pelo Quebec em 2015, William Amos representa o Partido Liberal.

Uma imagem da situação foi obtida pela agência The Canadian Press, depois de todos os deputados que assistiam à sessão terem assistido à reunião.

Através de um comunicado, William Amos fala num "erro azarado", tendo pedido desculpa pelo caso.

A minha câmara foi ligada sem querer quando estava a mudar de roupa depois de ter vindo de uma corrida", explicou.

Quem não esperou para reagir foi a oposição. A deputada Claude DeBellefeuille afirmou que a ética manda que todos os parlamentares assistam à reuno bem vestidos, no caso dos homens com fato e gravata.

António Guimarães