O primeiro-ministro, José Sócrates, quer realizar em Portugal um evento sobre energias renováveis no contexto das parecerias entre a União Europeia e África.

«Gostaria de deixar à conferência um convite para a realização em Portugal de um evento sobre energias renováveis. E manifesto desde já a minha disponibilidade para o realizarmos o mais cedo possível e antes da próxima cimeira», declarou José Sócrates na sua intervenção na cimeira UE-África, que decorre em Tripoli, Líbano, de acordo com a agência Lusa.

O primeiro-ministro português sublinhou que a estratégia de Portugal «passa pela aposta inequívoca nas fontes de energia renovável», afirmando que o país é considerado como um dos 10 mais atractivos do mundo para o investimento em energia.

«No primeiro semestre de 2010 foram evitadas, em média, importações de 100 milhões de euros mensais de combustíveis fósseis. Nos próximos 10 anos estimamos ainda a criação de 120 mil empregos nestas novas áreas», afirmou.