Novo presidente do Marítimo denuncia problemas de atuação de Carlos Pereira

Redação Maisfutebol

«Há tomadas de decisão do ponto de vista financeiro que não são as mais adequadas», notou Rui Fontes, que garantiu não estar a pensar em mudar a equipa técnica

O novo presidente do Marítimo disse que a transição da direção do clube está a ser afetada pela atuação do presidente cessante Carlos Pereira.

«A nível do futebol, está [a ser pacífica], mas ao nível da atuação do antigo presidente, penso que vamos ter problemas. Há tomadas de decisão do ponto de vista financeiro que não são as mais adequadas no momento, mas vão ser todas analisada», afirmou Rui Fontes em declarações aos jornalistas no dia em que esteve pela primeira vez com a equipa principal de futebol.

PUB

Rui Fontes, que dirigiu o emblema insular entre 1988 e 1997, referiu que as impressões deste contacto com os jogadores foram «as melhores» e que aproveitou para passar uma mensagem de confiança, de estabilidade e também acerca da relevância do clube, tendo pedido «dedicação e esforço».

«Estive a explicar um pouco do que é a história deste clube, porque o Marítimo representa a Madeira e quando se veste a camisola do Marítimo também se está a vestir a camisola da Madeira.

Rui Fontes falou ainda sobre Julio Velázquez, tendo garantido que o lugar do treinador não está dependente do resultado no próximo jogo. «Não vale a pena discutir a questão da equipa técnica, porque queremos estabilidade. Não vamos fazer mudanças nenhumas.»

VÍDEO MAIS VISTO
Acontece aos melhores: mulher gastou 20 mil euros em casa no parque de campismo, mas está impedida de entrar

PUB

NOTÍCIAS MAIS LIDAS
VÍDEOS MAIS VISTOS
ÚLTIMAS

PUB