Já fez LIKE na TVI24?

Bebé de 12 dias chega ao hospital de Évora quase sem respirar e é salvo pelo segurança

Carla Correia IC

Diogo diz que os pais passaram-lhe literalmente o filho para os braços e que a sua reação foi virar a criança para baixo e dar-lhe cinco pancadas nas costas

Um bebé com apenas 12 dias foi salvo, nesta segunda-feira, pelo segurança que estava de serviço à entrada do Hospital de Évora.

O recém-nascido chegou ao local quase sem conseguir respirar, no entanto o pequeno Filipe foi salvo ainda antes de ser visto por um profissional de saúde.

PUB

Graças a Deus, um anjo estava à porta. Se ele não estivesse ali, não sei se o bebé tinha chegado ao hospital a tempo. Ele já estava quase sem ar e a ficar roxo. Foi mesmo um susto grande", contou a mãe à TVI.

Diogo nem hesitou em aplicar os primeiros socorros ao bebé, virando o menino de barriga para baixo e dando-lhe cinco pancadas nas costas.

Aquilo que percebi é que o bebé vinha com uma obstrução da via aérea. Eles passaram-me literalmente o bebé para os braços. A minha reação foi ajudar a desobstruir a via aérea e levei o bebé diretamente para as Urgências, onde foi assistido pelos profissionais”, contou o segurança.

Filipe acabou por ficar internado, apenas por precaução, durante algumas horas. 

Perante esta história com um final feliz, os pais convidaram o segurança para ser padrinho do filho. Um convite que Diogo prontamente aceitou.

Os pais agradeceram-me e convidaram-me também para ser padrinho da criança. Além de ter sido marcante para mim, muito mais foi para os pais”.

O segurança também confessou à TVI ter o desejo de ser técnico de emergência pré-hospitalar.

VÍDEO MAIS VISTO
"Portugueses e brasileiros foram os maiores traficantes de escravos no Atlântico"

PUB

NOTÍCIAS MAIS LIDAS
VÍDEOS MAIS VISTOS
ÚLTIMAS

PUB