TSU em debate

O parlamento discute e vota hoje apreciações parlamentares, de Bloco de Esquerda e PCP, para revogar o diploma do Governo que baixa a Taxa Social Única (TSU) para as empresas, o que será viabilizado com apoio, do PSD
25 Janeiro 2017

AO MINUTO

18:34

Costa tem reunião de trabalho com os parceiros sociais em São Bento

Esta reunião na residência oficial do primeiro-ministro, convocada pelo Ministério do Trabalho e da Segurança Social, foi confirmada à agência Lusa por fontes do executivo e por representantes dos parceiros sociais, e servirá para analisar o novo quadro após a revogação pelo parlamento do decreto que baixava a Taxa Social Única dos empregadores

18:19

Governo vai analisar a situação

Não vou agora, aqui, dizer qualquer alternativa. Governo vai analisar a situação Vai falar com os parceiros sociais e serão naturalmente conhecidas as decisões que daí resultarem", afirmou Vieira da Silva à saída do Parlamento, sem no entanto confirmar que o primeiro-ministro vai reunir com os parceiros sociais ainda esta tarde.

18:14

Vieira da Silva em declarações depois da votação

"O Governo continua a considerar que fez um bom acordo de concertação social, servindo os interesses do país. Uma das medidas desse acordo, a Assembleia da República, no exercício dos seus poderes, decidiu revoga-la"

17:58
GALERIA

Descida da TSU para as empresas em debate no Parlamento

Deputados discutem e votam nesta quarta-feira apreciações parlamentares, de Bloco de Esquerda e PCP, para revogar o diploma do Governo que baixa a Taxa Social Única (TSU) para as empresas
25 jan 2017, 16:00
17:45

Descida da TSU para empresas chumbada no Parlamento

Projetos de resolução apresentados pelo PCP e pelo BE para cessação da vigência do decreto-lei que reduz a TSU, tiveram os votos contra do PSD, BE, PCP e PEV. CDS e PAN abstiveram-se. PS votou a favor.

17:42

BE diz que esta é a lição do debate: "Não estar dependente da direita"

Esta maioria parlamentar constituiu-se para o país não estar dependente da direita e para o Governo não estar dependente do PSD e CDS. Se há conclusão a tirar é que esta maioria fica mais forte porque é convocada para a sua origem“

17:41

Pedro Filipe Rodrigues

Bloco mostra-se satisfeito com o voto do PSD.  

Cambalhota por cambalhota, mais vale dar em defesa dos trabalhadores do que  para aumentar impostos depois de dizerem que não aumentavam impostos. Venham mais cambalhotas destas, nós cá estaremos para assistir e para lhe bater palmas. Nós sabemos que cada vez que a direita fala de coerência, não está a falar de si própria"

17:40

Pedro Filipe Soares (BE)

Não fechamos a porta à concertação social, mas não damos à concertação a realidade que ela tem. Na concertação social não tem lugar a Assembleia da República, mas , tem o Governo, os patrões e os sindicatos. O acordo não foi alcançado, não é total, é parcial, e foi aprovado pelos patrões e por aqueles que com eles sempre estão, a UGT"

17:39

Pedro Filipe Soares (BE)

"O salário mínimo nacional em 2017 será de 557 euros mensais. É certo que não era esse o debate, se o fosse ficou claro para todos que PSD votaria contra este aumento do salário mínimo nacional"

17:38

João Oliveira (PCP)

Deputado diz que o PSD confiou sempre que os comunistas votassem ao lado do PS a descida da TSU, mas isso não acontece porque o PCP “não faz como o PSD e não prescinde da sua coerência” e conclui dizendo que as posições do PCP são "claras e coerentes".

17:37

João Oliveira (PCP)

À falta do diabo, que nunca mais chega, o PSD resolveu mudar de posição e vestir-lhe a pele"

17:36

João Oliveira (PCP)

Deputado defende que "com este debate fica de vez clarificado que não é a concertação social que decide, mas sim o Governo"

17:36
VÍDEO

"O PSD vai votar contra si próprio"

Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares diz que o "PSD está a dizer não contem mais com o PSD"

25 jan 2017, 18:03
17:35

Pedro Nuno Santos: "O PSD vai votar contra si próprio"

Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares diz que o "PSD está a dizer não contem mais com o PSD"

O PSD engana-se não vai votar contra o Governo nem a maioria, vai votar contra a concertação social”.

17:34
VÍDEO

"A AR deixou de ser uma caixa de ressonância do Governo"

Heloísa Apolónia, dos Verdes, diz que descida da TSU prejudica micro e médias empresas

25 jan 2017, 17:31
17:34
VÍDEO

"Mais governo e menos teatro"

Cecília Meireles, do CDS, diz que a palavra que descreve este debate é "encenação" e acrescenta que Vieira da Silva "deu um grande contributo" para a "encenação" desta tarde

25 jan 2017, 17:33
17:34
VÍDEO

"PS mantem-se fiel ao seu compromisso"

Respondendo a Cecília Meireles, o ministro diz que a deputada gosta de "discutir o passado", acrescentando que não tem nenhum "problema em afirmar" que "esteve presente no primeiro acordo sobre crescimento do salário mínimo"

25 jan 2017, 17:34
17:30

Carlos César (PS): "PSD acabará por votar a favor da saída da NATO"

Acusando o PSD de discordar do acordo por discordar da "razão que a motiva", lembra que o partido se mostrou contra o aumento do salário mínimo. 

Carlos César lembra que o PSD afirmou categoricamente que “não pensem os portugueses que o PSD votará porque concorda ou discorda de uma determinada medida, ou porque pensa ou sempre pensou de uma determinada medida, ou porque pensa ou sempre pensou de uma determinada maneira”, e que "já que indiciou que votará da forma que puder prejudicar o Governo, e mais não fará nem pensará noutra coisa”.

E rematou: "Por este andar, chegará certamente o dia em que o PSD, tomado por essa monomania obsessiva, acabará por votar a favor da saída da NATO, da saída do Euro, e por aí fora... só para prejudicar o Governo do PS e da esquerda".

17:29
VÍDEO

TSU: "O PS votará a favor do acordo celebrado"

Carlos César defendeu que isso é “uma mais-valia para a estabilidade social e para a estabilidade política”

25 jan 2017, 18:06
17:28

Carlos César (PS) admite que pode haver outro acordo de concertação social

“Não vigorando esta medida da TSU, outras certamente vigorarão, no contexto do mesmo ou de um novo acordo, apoiando as empresas e as instituições de solidariedade social”

Loading

N�o existem mais eventos...