Incêndios em Portugal

AO MINUTO: Domingo já foi considerado pela Proteção Civil como "o pior dia do ano" em termos de incêndios. Esta segunda-feira há dezenas de incêndios ainda ativos
15 Outubro 2017

AO MINUTO

00:59

Aveiro mantém Plano de Emergência ativo

O presidente da Câmara de Aveiro, Ribau Esteves, disse esta noite à agência Lusa que os principais focos de incêndio no concelho estão controlados, mas, ainda assim, foi decidido manter ativo o Plano Municipal de Emergência.

 

Quando caiu a noite, as nossas duas situações mais persistentes, que foram Carregal e Nariz, estavam tratadas. No entanto, decidimos ficar com alguns meios no terreno, para temos capacidade de intervir", disse o autarca.

 

Ribau Esteves referiu ainda que após uma reunião com o comandante dos Bombeiros Velhos-Aveiro foi decidido manter o Plano de Emergência Municipal ativo.

 

Há sempre esta dúvida de como vai correr a noite e se chove ou não. Temos consciência que precisamos de uma grande operação de rescaldo, porque temos fumarolas por todo o lado", disse Ribau Esteves, adiantando que na terça-feira de manhã será feita uma nova avaliação.

 

O presidente da Câmara de Aveiro informou ainda que os serviços municipais já começaram a fazer um levantamento dos prejuízos resultantes dos incêndios, destacando a "perda total" do centro logístico da Moviflor, na Zona Industrial de Mamodeiro.

 

Além desta situação, Ribau Esteves afirmou que houve "pequenas perdas" em algumas empresas, nomeadamente ligadas ao setor agropecuário, com máquinas agrícolas e animais, realçando que a área ardida de espaços florestais e culturas é "brutal".

 

Numa desgraça deste tamanho, fica a nota positiva de não termos perdas de vidas humanas", afirmou, em jeito de desabafo, adiantando que uma idosa teve de ser realojada em casa de familiares, na sequência de um incêndio que destruiu parcialmente a sua habitação.

00:38
VÍDEO

Incêndios também causaram quatro mortos na Galiza

Região a norte de Portugal foi visitada pelo chefe do governo espanhol. Mariano Rajoy, que é galego, testemunhou a devastaçãoq ue as chamas causaram

17 out 2017, 00:37
00:32
VÍDEO

Novo relatório sobre Pedrógão acentua falhas graves

Documento elaborado pela Universidade de Coimbra também critica a atuação das entidades pelas mortes nos incêndios em Pedrogão Grande

17 out 2017, 00:31
00:30
VÍDEO

PSD diz que declaração de Costa é "insulto à inteligência"

Líder parlamentar social-democrata, Hugo Soares, diz que primeiro-ministro foge a assumir  responsabilidades sobre o que se passou no domingo, com os incêndios

17 out 2017, 00:41
00:28
VÍDEO

Partidos querem explicações sobre incêndios de domingo

Esquerda e direita lamentam o sucedido no passado domingo, mas exigem que o Governo dê satisfações sobre o que se passou

17 out 2017, 00:27
00:12
23:55

Central elétrica de Mortágua atingida pelas chamas

A Central de Aproveitamento Energético de Biomassa Florestal Residual (BFR) de Mortágua, em Viseu, foi na segunda-feira à noite afetada pelas chamas e a operação foi suspensa, disse à Lusa fonte da EDP.

Segundo a mesma fonte, a central, que é detida pela empresa de celulose Altri e pela EDP, foi afetada pelas chamas que deflagraram no domingo naquela região do país, com a ocorrência a ficar circunscrita ao parque de biomassa.

“A operação foi suspensa até que possam ser asseguradas as condições de segurança. A Altri e a EDP estão a controlar a situação, que está circunscrita ao parque de biomassa”, disse.

Os danos materiais na central ainda estão em avaliação.

23:50

Dominado fogo em Quiaios, Figueira da Foz

O incêndio que deflagrou no domingo na freguesia de Quiaios, concelho da Figueira da Foz, distrito de Coimbra, foi dado como dominado hoje à noite, indica a página da internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

O fogo, que teve início às 14:36 de domingo, está a ser combatido por 111 operacionais apoiados por 33 viaturas, segundo o 'site' da ANPC, consultado pela Lusa cerca das 23:45.

Este incêndio destruiu a grande maioria da Mata Nacional das Dunas de Quiaios, afetando a envolvente das lagoas da Vela e Braças.

23:49

Distritos de Braga, Coimbra, Leiria, Guarda e Viseu com várias estradas cortadas

Os incêndios que lavram em Braga, Coimbra, Leiria, Guarda e Viseu mantêm o corte total de várias estradas nacionais e municipais nestes distritos, segundo um balanço feito às 23:00 de hoje pela GNR à agência Lusa.

No distrito de Braga, a Estrada Nacional 309 está cortada na freguesia de Espinho, enquanto a Estrada Municipal 585 mantém-se fechada à circulação na freguesia de Longos, em Guimarães.

Em Coimbra, a Estrada Nacional 17 está totalmente cortada na zona de Póvoa das Quartas.

No distrito da Guarda mantêm-se cortadas a Estrada Nacional 231, em Paranhos da Beira, no concelho de Seia, a Estrada Nacional 239, na Aldeia da Serra, na freguesia do Sabugueiro, também no concelho de Seia, e a Estrada Nacional 17, em Seia.

Além destas vias, estão ainda interditas à circulação no distrito da Guarda a Estrada Municipal 546, na freguesia de Santana da Azinha, e a Estrada Nacional 226 na zona de Castaíde, concelho de Trancoso.

No distrito de Leiria está totalmente cortada a Estrada do Atlântico na freguesia de Pataias, concelho de Alcobaça, e em São Pedro de Moel, concelho da Marinha Grande.

Já no distrito de Viseu estão cortadas a Estrada Nacional 223, em Carregal do Sal e em Santa Comba Dão, e a Estrada Municipal 628 na zona de Fráguas, concelho de Tondela.

23:48

As vítimas silenciosas dos incêndios

23:47

PSD reage à declaração de Costa sobre os fogos

O PSD considerou que a declaração desta noite do Primeiro-ministro sobre os incêndios “é um insulto à inteligência” e ao “sofrimento” dos portugueses e salientou que António Costa tem que assumir a “responsabilidade política” do que aconteceu.

Em Braga, o líder parlamentar dos sociais-democratas, Hugo Soares, reagiu às declarações do chefe do Governo ao início da noite acusando António Costa de ter perdido a “oportunidade de pedir desculpas” aos portugueses e salientou que muitos portugueses pagaram com as “próprias vidas” aquilo que considerou ser o “falhanço do Estado”.

“A declaração de hoje do senhor primeiro-ministro é um insulto à inteligência mas sobretudo ao sofrimento de todos os portugueses. O senhor primeiro-ministro hoje perdeu uma oportunidade de assumir a responsabilidade politica e perdeu uma oportunidade de pedir desculpas (…) perdeu uma oportunidade de assumir a responsabilidade política que é sua enquanto chefe de Governo”, afirmou Hugo Soares.

23:36
23:35

Continuam a surgir nas redes sociais imagens impressionantes do dia de ontem

23:29

26 fogos considerados "importantes"

Balanço feito pela Proteção Civil, às 23:30, em declarações à TVI.

Lousã, Sabugueiro (Seia) e Arganil são particularmente complicados, por lavrarem em zonas de difícil acesso.

23:24

Povoação de Cabanões é a situação mais complicada na Lousã

A povoação de Cabanões, no concelho de Lousã, no distrito de Coimbra, foi evacuada esta noite, localidade onde estão a ser concentrados os meios de combate ao fogo, disse à Lusa o presidente da Câmara.

“A situação mais preocupante é junto à povoação de Cabanões, onde existem duas situações mais complicadas. Estamos a concentrar todos os meios na encosta de Cabanões para evitar que as chamas atinjam a zona habitacional e tentar debelar a frente de fogo com a maior rapidez possível”, disse à Lusa Luís Antunes, presidente da autarquia.

Segundo o autarca, a povoação foi evacuada devido à ameaça das chamas “e tem sido possível preservar as habitações, não se registando até agora quaisquer danos pessoais”.

23:23
VÍDEO

Veja a rapidez com que alastram as chamas

16 out 2017, 20:00
23:23
VÍDEO

Chamas não largam São Pedro de Moel

Fogo no concelho da Marinha Grande continuava ativo na noite de segunda-feira, como reportou a jornalista Carolina Resende Matos no Jornal das 8, da TVI 

16 out 2017, 21:31
23:23
VÍDEO

Os incêndios portugueses na imprensa internacional

Os fogos em Portugal tomaram proporções tão grandes que  a imprensa internacional não deixou passar a notícia ao lado. Os incêndios são um dos assuntos do dia em Espanha, Itália, França, Alemanha e Reino Unido.

16 out 2017, 22:28
23:06

Cristiano Ronaldo enaltece trabalho dos Bombeiros

O capitão da seleção portuguesa de futebol, Cristiano Ronaldo, mostrou-se hoje solidário com os familiares e amigos das vítimas dos incêndios que deflagraram no domingo, enaltecendo ainda o trabalho dos bombeiros.

“Impossível ficar indiferente a esta tragédia. Solidário com familiares e amigos das vítimas. Apoio total aos bombeiros que arriscam a vida para ajudar da melhor forma possível”, escreveu o futebolista do Real Madrid nas suas redes sociais.

23:00
EM DIRETO AGORA