Eleições no Brasil: a segunda volta decisiva

AO MINUTO: Jair Bolsonaro foi eleito presidente do Brasil com 55,15% dos votos. Veja os discursos e todas as reações
28 Outubro 2018

AO MINUTO

02:02

E agora, Brasil?

Termina aqui o acompanhamento, ao minuto, da segunda volta das eleições presidenciais no Brasil. Com uma sociedade dividida, acabou por ganhar o candidato que as sondagens já projetavam, com cerca de 55% dos votos. O país virou, mas virou para a extrema-direita de Jair Bolsonaro, depois de 13 anos de governos PT. Fernando Haddad tentou, mas não conseguiu descolar da mancha de corrupção que o partido de Lula deixou no país. O novo presidente tem Messias como nome do meio, e anunciou que tem uma "missão de Deus". Aligeirou o seu discurso misógino e homofóbico, falando agora em "país de diferentes orientações". Toma posse a 1 de janeiro e a partir daí é que se vai ver. 

01:26
01:21

Minas Gerais, São Paulo e Rio liderados por apoiantes de Bolsonaro

Estão em causa dos três maiores estados do Brasil: o Rio de Janeiro elegeu o ex-juiz Wilson Witzel, candidato do Partido Social Cristão (PSC) apoiado pelo presidente eleito da extrema-direita Jair Bolsonaro, na segunda volta, com quase 60% dos votos.

Em Minas Gerais, o segundo maior colégio eleitoral do Brasil, o candidato mais votado foi o milionário Romeu Zema, do Partido Novo, também apoiante de Bolsonaro.

O ex-prefeito de São Paulo, João Dória, venceu as eleições para governador no estado homónimo e manteve a hegemonia dos social-democratas na região mais rica e povoada do Brasil.

01:19

BE pede "vigilância total" à comunidade internacional

A deputada do BE Joana Mortágua faz esse apelo perante uma possível "degradação democrática" no Brasil com a vitória ao candidato de extrema-direita, Jair Bolsonaro.

"É uma vitoria que tem que ser respeitada, mas que nos deixa, enquanto democratas, muito tristes porque diz muita coisa sobre a fragilidade das democracias, que julgávamos estarem sólidas e conquistadas", disse à Lusa.

01:19

PCP: está em curso "poder de cariz ditatorial"

Num comunicado de imprensa, o PCP defende que a vitória de Jair Bolsonaro constitui "um gravíssimo desenvolvimento da ofensiva contra os direitos dos trabalhadores e do povo brasileiro, corporizado num programa de intensificação da exploração e ataque aos direitos sociais, de agressão às liberdades e à democracia".

"Este resultado é inseparável da sistemática ação de branqueamento dos reais objetivos e de apoio à candidatura de Bolsonaro promovida pelos grandes meios de comunicação social - incluindo em Portugal - e através das redes sociais".

01:11
01:00
00:50

Nicolás Maduro felicita Bolsonaro

00:42
GALERIA

Os festejos da vitória de Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro foi eleito presidente do Brasil e os seus apoiantes encheram as ruas do Rio de Janeiro
6 nov 2018, 00:00
00:42
GALERIA

Tristeza e deceção dos apoiantes de Fernando Haddad

Após a vitória de Jair Bolsonaro, os apoiantes de Fernando Haddad não conseguiram esconder a tristeza e a deceção que sentiram
6 nov 2018, 00:00
00:37

Bolsonaro diz que Trump lhe telefonou

"Acabou de nos ligar e nos desejou boa sorte e, obviamente, foi um contacto bastante amigável". Afirmação do novo presidente brasileiro é citada pelo jornal Folha de São Paulo.

00:36

PSD: "Portugal deve manter ótimas relações com o Estado brasileiro"

Quem o defende é o dirigente do PSD Tiago Moreira de Sá, dizendo que a eleição de Jair Bolsonaro como Presidente do Brasil em nada altera o relacionamento bilateral. À Lusa, o homem que preside à Comissão de Relações Internacionais do PSD escusou-se a comentar o discurso ou as propostas de Jair Bolsonaro, invocando o princípio da "não intromissão na vida política de outros Estados".

"Ganhasse quem ganhasse, Haddad ou Bolsonaro, Portugal deve manter ótimas relações com o Estado brasileiro, independentemente de quem é o seu Presidente".

00:28
00:27

Pedro Sanchez reage aos resultados eleitorais no Brasil

00:22
VÍDEO

"Os evangélicos são os principais responsáveis pela vitória de Bolsonaro"

Donizete Rodrigues acredita que a declaração de apoio de Edu Macedo, figura máxima da IURD, deu uma vantagem a Bolsonaro.

29 out 2018, 00:16
00:18

Matteo Salvini felicita Bolsonaro

00:11
VÍDEO

Apoiantes de Bolsonaro fazem a festa em São Paulo

Victor Moura Pinto, enviado especial ao Brasil, testemunhou os momentos de festa na avenida Paulista, o cento financeiro da cidade de São Paulo.

29 out 2018, 00:08
00:11
VÍDEO

Haddad: "Não tenham medo. Nós estamos aqui."

O candidato derrotado reagiu à derrota em São Paulo e mostrou que quer continuar a fazer frente a Bolsonaro pela defesa da democracia.

28 out 2018, 23:36
23:57
23:50
Loading

N�o existem mais eventos...