Últimas Covid-19

Todas as notícias sobre o novo coronavírus que está a preocupar as autoridades a nível mundial.
29 Outubro 2020
15 jun, 11:58

Associação de Fisioterapeutas alerta para falta de profissionais nos cuidados intensivos

 Associação Portuguesa de Fisioterapeutas (APFISIO) alertou hoje que a falta destes profissionais nas unidades de cuidados intensivos atrasa a recuperação de doentes com covid-19 que apresentam capacidade funcional reduzida.

Em comunicado, a APFISIO insiste na importância de assegurar a presença de fisioterapeutas nestas unidades 24 horas por dia, “tal como já acontece na generalidade dos países desenvolvidos”.

“Não aceder a cuidados de Fisioterapia, integrados numa abordagem multiprofissional, desde o contexto de cuidados intensivos, internamento hospitalar ou domiciliário e, posteriormente, na comunidade, implicará uma recuperação muito mais lenta, sobretudo nos casos de multimorbilidade, onde as limitações funcionais consequentes poderão ser graves e permanentes”, afirma Adérito Seixas, presidente da APFISIO, citado no comunicado.

O responsável sublinha que “no internamento hospitalar isso implicará um internamento mais prolongado e, na comunidade, uma maior dificuldade no regresso à vida ativa”.

“Estas repercussões representam um aumento dos custos para o SNS [Serviço Nacional de Saúde], afetando naturalmente a economia e a sociedade, mas mais importante, as pessoas e famílias”, acrescenta.

A APFISIO diz que, nos casos mais graves de doentes com covid-19 que necessitaram de internamento em cuidados intensivos e ventilação mecânica, “a ausência de cuidados de fisioterapia pode potenciar a ‘Síndrome pós-internamento em cuidados intensivos’, que envolve alterações físicas, cognitivas e psicológicas que afetam gravemente a qualidade de vida”.

Em internamento hospitalar, lembra a associação, pode verificar-se, logo nos primeiros sete dias, a perda de cerca de 20% da massa muscular da pessoa, levando a situações graves de fraqueza muscular, fadiga, rigidez articular e perda de funcionalidade.



AO MINUTO

13:09

Número de infetados em casa de saúde mental em Barcelos sobe para 75

O número de infetados pelo novo coronavírus na Casa de S. João de Deus, em Barcelos, no distrito de Braga, subiu para 75, entre utentes e colaboradores, atualizou hoje a instituição.

Em comunicado, a instituição refere que os infetados são 63 utentes e 12 colaboradores.

A meio da manhã, a instituição dava conta de 73 infetados.

Cinco dos utentes infetafos foram encaminhados para as unidades de saúde de referência.

Na maioria dos casos, refere o comunicado, os infetados estão assintomáticos.

12:57

Um novo confinamento e recolher obrigatório ameaçam “asfixiar” empresas – CIP

A Confederação Empresarial de Portugal (CIP) avisou hoje que um eventual novo confinamento e recolher obrigatório ameaçam “asfixiar as empresas”, causando mais desemprego e falências, e apelou ao Governo para que aplique “apenas medidas cirúrgicas”.

“A CIP apela ao Governo para que aplique apenas medidas cirúrgicas e nunca, em caso algum, limitações e constrangimentos gerais, genéricos e de duração imprevisível que afetam, num só golpe e de forma imediata, a confiança das pessoas e das empresas na economia”, manifestou a confederação, em comunicado, na véspera de uma reunião extraordinária do Conselho de Ministros, para definir novas medidas de controlo da pandemia, face ao aumento do número de casos e de óbitos por covid-19 em Portugal.

“Asfixiar as empresas com um contexto fortemente limitativo da sua atividade causará mais desemprego e mais falências, muitas delas irrecuperáveis ou de efeitos duradouros”, acrescentou a CIP, reconhecendo, porém, a importância da defesa da saúde pública.

12:53

Auditório de Espinho adia concertos de Joep Beving e sobre obra de Steve Reich

O Auditório de Espinho adiou os espetáculos de hoje, sábado e 14 de novembro, devido à situação epidemiológica, propondo-se reagendar os dedicados à obra de Steve Reich e apresentando já nova data para o de Joep Bevin.

Gerida pela Academia de Música e funcionando como palco também da Escola Profissional de Música de Espinho, esta sala de espetáculos do distrito de Aveiro apresentou à Lusa duas justificações para a sua decisão.

No caso do concerto "Music for 18 Musicians", uma coprodução entre o FIME Ensemble e o Drumming GP destinada a apresentar a obra do compositor Steve Reich no 46.º Festival Internacional de Música de Espinho, o reagendamento dos concertos de hoje e sábado deve-se ao facto de este fim de semana estar proibida a circulação entre diferentes concelhos, no que a exceção prevista para portadores de bilhete ou reserva em eventos culturais só se aplica a deslocações realizadas dentro da mesma Área Metropolitana.

12:47

Câmara de Vizela diz que recolher obrigatório ajudaria a mitigar pandemia

O presidente da Câmara de Vizela afirmou hoje que o dever de permanência no domicilio, ao “não pôr em causa” a economia, ajudaria a mitigar a evolução da pandemia de covid-19 e “o alastrar” de contágios no concelho.

“Somos uma população de cerca de 24 mil habitantes e nos últimos sete dias aumentamos em 100 o número de casos”, afirmou Vítor Hugo Salgado em declarações à Lusa, acrescentando que o número de novas infeções pelo SARS-CoV-2 passou de 272 para 373 na última semana.

Vítor Hugo Salgado afirmou estar em "contacto permanente" com o secretário de Estado Eduardo Pinheiro, que está a coordenar a pandemia na região Norte, e que aguarda o Conselho de Ministros extraordinário [de sábado] para que sejam implementadas medidas mais “globais”.

12:46
12:25

Pelo menos 1,182 milhões de mortos em todo o mundo

A pandemia provocada pelo novo coronavírus já fez pelo menos 1.182.840 mortos em todo o mundo desde que foi notificado o primeiro caso na China, segundo o balanço diário da agência France-Presse.

Mais de 45.105.670 pessoas foram infetadas pelo novo coronavírus em todo o mundo, segundo o balanço, feito às 11:00 TMG (12:00 em Lisboa) de hoje com base em fontes oficiais.

Até hoje, pelo menos 30.209.500 pessoas foram consideradas curadas de covid-19, acrescenta a agência francesa, sublinhando que os números oficiais refletem apenas parte do número real de contaminações no mundo.

12:23
12:05
11:44

Casa de saúde mental em Barcelos com 73 infetados

A Casa de Saúde de S. João de Deus, em Barcelos, no distrito de Braga, tem 62 utentes e 11 colaboradores infetados com o novo coronavírus, anunciou hoje a instituição.

Em comunicado, a instituição acrescenta que cinco utentes foram encaminhados para as unidades de saúde de referência.

Sublinha que na maioria dos casos os infetados estão assintomáticos.

“As pessoas em causa estão em isolamento, de acordo com as indicações das entidades competentes/autoridade de saúde”, diz ainda.

11:23

África com mais 185 mortes nas úlimas 24 horas totaliza1.759.794 casos

África registou mais 185 mortes devido à covid-19 nas últimas 24 horas, aumentando para 42.336 o total de vítimas mortais pelo novo coronavírus, que já infetou 1.759.794 pessoas na região, segundo dados oficiais.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), nos 55 Estados-membros da organização, nas últimas 24 horas registaram-se nesta região mais 11.459 casos de covid-19.

O número de recuperados é agora de 1.438.841, mais 8.283.

A África Austral continua a registar o maior número de casos de infeção e de mortos, tendo ultrapassado a barreira dos 800.000 casos e atingindo agora os 801.143 infeções e 20.621 mortos.

10:56

PIB de França cai 4,3% no 3.º trimestre mas recupera 18,2% face ao trimestre anterior

O Produto Interno Bruto (PIB) de França cresceu 18,2% no terceiro trimestre face ao anterior, a recuperar após o confinamento pela covid-19, e contraiu-se 4,3% face ao mesmo período de 2019, foi hoje anunciado.

O instituto nacional de estatística francês (Insee) que publicou hoje as primeiras estimativas para o período de julho a setembro disse num comunicado de imprensa que neste trimestre todos os setores contribuíram para o salto do PIB no terceiro trimestre e em particular o consumo privado, que aumentou 17,3% e esteve próximo do volume destes três meses do ano passado (menos 2,1%).

No caso das despesas das administrações públicas, estas foram mesmo ligeiramente superiores (0,4%) às verificadas entre julho e setembro de 2019.

10:55
10:43

Três casos positivos entre trabalhadoras da secretaria da Câmara de Melgaço

Três das sete funcionárias da secretaria da Câmara de Melgaço testaram positivo ao novo coronavírus, estando as restantes em teletrabalho, e o balcão de atendimento aos munícipes reabriu hoje, disse o presidente da autarquia.

Em declarações à agência Lusa, o autarca Manoel Batista adiantou que, no total, foram realizados 73 testes de despiste a funcionários da autarquia.

Segundo o autarca socialista daquela autarquia no distrito de Viana do Castelo, do total de testes efetuados na sequência de duas funcionárias da secretária geral da área financeira terem acusado positivo, foram conhecidos os resultados de 71, sendo que se constatou que uma terceira pessoa daquele serviço contraiu o SARS-CoV-2, que provoca a doença covid-19.

10:36

Escola encerrada por falta de assistentes operacionais em Torres Vedras

A escola do primeiro ciclo de Campelos, no concelho de Torres Vedras, está encerrada até quarta-feira, depois de dois funcionários terem ficado infetados pela covid-19 e outros sete estarem em quarentena, disse hoje o diretor do agrupamento.

Joaquim Pinto Gonçalves, diretor do Agrupamento de Escolas Padre Vítor Melícias, a que pertence a EB1 de Campelos, explicou à agência Lusa que o estabelecimento está encerrado desde o início da semana e até à próxima quarta-feira.

"Dois assistentes operacionais, contagiados fora da escola, testaram positivo [à covid-19] e temos os outros sete de quarentena por precaução", afirmou, justificando que, "sem assistentes operacionais, não há condições para a escola funcionar e as turmas foram mandadas para casa".

10:31

Economista cabo-verdiano sugere uso de parte das poupanças para recuperar economia

O economista cabo-verdiano António Batista considerou hoje que a população local ainda não têm o hábito de poupar dinheiro, mas sugeriu que as que têm deveriam gastar parte para ajudar a recuperar a economia após a crise da covid-19.

“Não é o nosso sonho consumir, mas teríamos que tirar parte dessa poupança para apoiarmos a recuperação da economia. Hoje, o que o país precisa é de 'despoupança', para ajudar a recuperar a dinâmica da economia e isso gera emprego, mais rendimento, e no futuro termos como garantir a nossa estabilidade financeira”, explicou o economista.

António Batista, que é também presidente da Associação para a Promoção da Educação Financeira (Profin), instituição criada há cerca de três anos, falava à agência Lusa no âmbito da “Semana da Poupança”, realizada de 26 a 31 de outubro pelo Banco de Cabo Verde (BCV).

10:13
09:34

Rússia regista novo recorde com mais de 18 mil casos em 24 horas

A Rússia registou hoje, pelo segundo dia consecutivo, um novo recorde de infeções diárias por covid-19 desde o início da pandemia, detetando 18.283 casos nas últimas 24 horas, 5.268 dos quais em Moscovo, principal foco infeccioso do país.

Segundo as estatísticas oficiais, foram também contabilizadas 355 mortes ligadas à covid-19 no último dia, o que eleva para 27.656 as vítimas mortais da epidemia na Rússia.

Apesar do crescimento de casos nas últimas semanas, em que o número de infeções diárias quase triplicou, as autoridades russas não querem adotar medidas drásticas como um confinamento nacional, o toque de recolher ou a paragem de setores económicos.

09:27
09:26
09:02
Loading

N�o existem mais eventos...