Últimas Covid-19

Todas as notícias sobre a pandemia que já matou mais de dois milhões de pessoas em todo o mundo
22 Fevereiro 2021
22 mai 2020, 13:29

Investigadores readaptam 'app' para caracterizar locais suscetíveis de maior transmissão

Uma equipa de investigadores da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) readaptou uma aplicação móvel que, tendo por base dados de localização GPS, visa fazer uma caracterização dos locais suscetíveis a uma maior transmissão da covid-19.

Em declarações à Lusa, Ana Aguiar, investigadora do Instituto de Telecomunicações (IT) e professora na FEUP, afirmou hoje que o projeto FollowMyHealth surgiu da necessidade de, usando dados de localização, fazer a caracterização da “transmissão ambiental” do novo coronavírus.

Nesse sentido, a equipa de investigadores decidiu readaptar a plataforma Sense My City que, desenvolvida em 2011, têm vindo a ser utilizada em vários projetos de investigação sobre mobilidade.

Tendo já a aplicação móvel Sense My City consolidada, a equipa de investigadores, que integra também especialistas do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) e da Faculdade de Psicologia da U.Porto, submeteu o projeto de readaptação à linha de apoio Research 4 Covid-19 da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).

Com um financiamento de 11 mil euros, a aplicação, intitulada Covid Monitor, ficará brevemente disponível na ‘PlayStore’ da Google.

Os dados de localização das trajetórias dos utilizadores permitirão “saber os locais frequentados”, bem como as dimensões desses locais, se são visitados por muitas ou poucas pessoas e outros aspetos relacionados com “a prevalência da transmissão” de acordo com as superfícies que lá existem.

“Há diferentes categorias de locais, cabeleireiros, cafés, ginásios, restaurantes ou correios, por exemplo, e tudo tem a ver com as atividades que as pessoas lá fazem, o tempo que lá estão e se tipicamente há muitas ou poucas pessoas nesses locais”, explicou Ana Aguiar, acrescentando que o objetivo é “fazer ‘rankings’ dos locais de risco”.

“Isto vai permitir melhorar os modelos de propagação do vírus, é esse o objetivo do ponto de vista da saúde pública, o que permitirá fazer ‘rankings’ de tipos de locais de risco”, referiu.

Paralelamente, a aplicação vai recolher, com base em questionários facultativos, informações sobre o comportamento das pessoas, se se deslocam em transportes públicos e que medidas de proteção individual usam.

“Isto pode ser útil para as pessoas porque o telemóvel vai guardar sempre, por 21 dias, os locais onde estiveram. Por exemplo, se um utilizador testar positivo para a covid-19, a aplicação pode ajudar na entrevista com os serviços de saúde a perceber onde esteve e se usou máscara ou não”, esclareceu.



AO MINUTO

21:02

Mais de 30 mil novos casos do vírus em 24 horas em França

A França registou hoje 31.519 novos casos, o número mais elevado de novas contaminações desde novembro, e o Governo instituiu novas medidas restritivas na região norte do país para conter a pandemia.

O ministro da Saúde, Olivier Véran, esteve hoje na cidade de Dunquerque, no norte de França, e anunciou um confinamento local ao fim de semana, com o reforço da vacinação na região. Estas novas medidas vão ter impacto em cerca de 250 mil pessoas.

Segundo Gabriel Attal, estes confinamentos locais são "medidas fortes" para evitar um novo confinamento nacional. Ainda segundo o Governo, a situação epidémica é preocupante em cerca de 10 departamentos, incluindo a região parisiense.

O aumento do número de casos para mais de 30 mil contaminações diárias vem corroborar estas preocupações.

20:49
VÍDEO

Covid-19: partidos e Marcelo pressionam Governo para apresentar plano de desconfinamento

Os partidos políticos e o Presidente da República estão a pressionar o Governo a apresentar um plano de desconfinamento. Esta quarta-feira, Marcelo Rebelo de Sousa ouviu o Bloco de Esquerda, o PS e o PSD.

Há 1h e 21min
20:49
VÍDEO

Covid-19: Gouveia e Melo admite adiar toma da segunda dose da vacina

O vice-almirante Gouveia e Melo, coordenador da task force responsável pelo plano de vacinação contra a covid-19, admite que a toma da segunda dose da vacina seja adiada para que mais 200 mil idosos possam ser vacinados no final de março.

Há 1h e 45min
20:00
19:27
18:26
18:05
17:52
17:28

Espanha registou 9.212 casos e 389 mortes nas últimas 24 horas

A Espanha registou 9.212 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 3.170.644 o total de infetados até agora no país, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol.

As autoridades sanitárias também contabilizaram mais 389 mortes desde terça-feira atribuídas à covid-19, passando o total de óbitos para 68.468.

O número de novos casos subiu de terça-feira para hoje de 7.461 para 9.212, e o de mortes baixou de 443 para 389.

O nível de incidência acumulada (contágios) em Espanha continua a descer, tendo passado de terça-feira para hoje de 236 para 219 casos diagnosticados por 100.000 habitantes nos 14 dias anteriores.

17:27
16:51

"Temos de ter objetivos definidos", diz Rui Rio

Rui Rio, líder do PSD, defende que "uma vez atingidos os indicadores [considerados ideais pelos técnicos] temos de começar a desconfinar" e para tal é preciso aumentar a testagem da covid-19. "Temos que começar a testar para que os valores não voltem a disparar" se não "ficamos sem saber se o número de casos tem baixado ou se está ligado à redução dos testes".

Após a reunião com o Presidente da República, Rio sublinha que só os técnicos é que podem decidir qual será "esse número" de casos diários e de internamentos que deve ser considerado "adequado" para que se pense em desconfinar.

"Temos de ter objetivos definidos. Isso é gestão, não é uma questão política", diz. "Basta perguntar aos técnicos e decidir, chegando àquele número começamos a desconfinar e no dia seguinte começamos a testar."

O líder do PSD considera que, uma vez atingido esse número, é necessário "planear a forma de desconfinar toda a sociedade e em particular em relação às escolas." Estou convencido que será por etapas, primeiros os mais novos e depois os outros - mas terá de haver um plano", defende.

O PSD propõe ainda que "o país deverá ter um planeamento por desconfinamento por regiões, uma vez que há regiões que têm números muito mais baixos do que outras". Se se perceber que o país não está a avançar ao mesmo ritmo, "não podemos continuar a penalizar uma região por causa de outra."

16:31

Reino Unido regista 442 mortos e ultrapassa 18 milhões de vacinados

 O Reino Unido registou 442 mortes atribuídas a covid-19 e 9.938 novos casos da doença nas últimas 24 horas, tendo ultrapassado os 18 milhões de pessoas vacinadas, de acordo com dados publicados hoje pelo Governo britânico.

Na terça-feira tinham sido notificadas 548 mortes e 8.489 casos, mas a média dos últimos sete dias é de 402 mortes e 10.485 infeções.

No total, morreram no Reino Unido 121.747 pessoas entre 4.144.577 casos de contágio confirmados desde o início da pandemia covid-19.

Entre 18 e 24 de fevereiro houve uma redução de 31% de mortes devido a covid-19 e de 14,7% no número de pessoas com um resultado de teste positivo confirmado em relação aos sete dias anteriores.

Na segunda-feira, data dos dados mais recentes disponíveis, estavam hospitalizadas 16.803 pessoas, menos 20% do que há uma semana.

Até agora, 18.242.873 pessoas receberam a primeira dose de uma vacina contra o novo coronavírus, das quais 669.105 receberam a segunda dose, a qual é administrada com um intervalo de até 12 semanas.

16:13
16:03
15:55

As escolas devem reabrir assim que possível, diz o Bloco de Esquerda

Catarina Martins, do Bloco de Esquerda, considera que "é muito importante que assim que possível as escolas possam reabrir".

Depois da reunião com o Presidente da República, a líder do Bloco de Esquerda afirmou aos jornalistas que para reabrir as escolas é preciso "haver condições", ou seja, "haver mais pessoal docente e não docente", haver condições para "desdobrar turmas e manter as distâncias" e também condições para "fazer mais testes" aos alunos.

"Para reabrir a economia é preciso acelerar o processo de vacinação", afirma Catarina Martins, sublinhando a necessidade de vacinar rapidamente todo o pessoal docente e não docente que trabalha com as crianças pequenas, que não usam máscara, e que por isso se encontra mais exposto ao vírus.

15:45
15:44

Vacinação com 3.546 doses arranca em quase todo o distrito de Beja

A vacinação contra a covid-19 arrancou hoje em 11 sedes de concelho do distrito de Beja, estando disponíveis, para já, um total de 3.546 doses de vacinas, revelou a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo.

“O processo de vacinação iniciou-se hoje em todas as sedes de concelho” da área de influência da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), “exceto em Alvito, que se inicia na quinta-feira”, e em Aljustrel, onde “já tinha arrancado na semana passada”, disse à agência Lusa Conceição Margalha.

A presidente do conselho de administração da ULSBA – entidade a que não pertence o concelho de Odemira, integrado na Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano – avançou que, para já, chegaram 495 frascos de vacinas.

“Para toda a área de abrangência da ULSBA, recebemos 379 frascos da Pfizer-BioNtech e 116 frascos da AstraZeneca, o que totaliza 3.546 doses. O que está programado é que vacinemos estas pessoas esta semana e, depois, vamos aguardar a chegada de novas vacinas, na próxima semana”, indicou.

Conceição Margalha frisou que a informação de que dispõe é a de que as vacinas vão chegar “regularmente para se proceder à vacinação”.

15:35
15:10
15:01
Loading

N�o existem mais eventos...