Últimas Covid-19

Todas as notícias sobre a pandemia que já matou mais de dois milhões de pessoas em todo o mundo
22 Fevereiro 2021
23 mar 2020, 18:30

Jovens alertam Marcelo e Governo para despedimentos e retenções no estrangeiro

O Conselho Nacional de Juventude (CNJ) alertou esta segunda-feira para várias preocupações provocadas pela pandemia Covid-19 ao Presidente da República, ao Governo e parlamento, como despedimentos dos jovens e a retenção em países estrangeiros sem resposta dos serviços consulares.

As preocupações sobre as “situações extremas” vividas por muitos jovens portugueses por causa da pandemia, como a “crescente precariedade laboral”, “despedimentos com impacto nas questões de habitação” e a “retenção em países estrangeiros sem resposta dos serviços consulares”, foram esta segunda-feira enviadas ao Presidente da República, ao Governo e aos grupos parlamentares, lê-se num documento enviado à agência Lusa.

Para Rita Saias, presidente do CNJ, o órgão da representação juvenil portuguesa, devem ser “implementadas medidas transversais” e que atendam à especificidade dos desafios que as “novas gerações enfrentam, num compromisso solidário com a juventude por parte do Governo”.

Para atenuar as consequências da pandemia, o CNJ defende que os jovens que fiquem desempregados possam “beneficiar do subsídio extraordinário da Segurança Social independentemente da data de início de atividade, regime laboral ou profissão”.

O Conselho Nacional de Juventude pede também que sejam “garantidos os meios de fiscalização” sobre os possíveis abusos laborais que ocorram na “grande indústria e no teletrabalho”.

O órgão que representa a juventude em Portugal defende também que o Banco de Portugal possa exigir à banca a concessão de moratórias no pagamento de créditos à habitação e formação.

Garantir o acesso de todos aos novos métodos de ensino, alargar prazos de término do ano letivo, flexibilização das regras de avaliação e a garantia das condições de trabalho em setores críticos como a saúde, indústria alimentar e distribuição são outras das reivindicações que o CNJ elenca na carta enviada hoje a Marcelo Rebelo de Sousa, Governo e partidos com assento no parlamento.

O Conselho Nacional da Juventude insta os decisores políticos a darem atenção às preocupações [dos jovens] e a agirem de forma rápida e incisiva, para mitigar as consequências desta pandemia e precaver situações de precariedade, insegurança e falta de acesso aos seus direitos”, lê-se no documento sobre a tomada de posição do CNJ.

No documento, o CNJ pede soluções concretas das entidades escolares para os casos relacionados com a impossibilidade de realizar teses de mestrado e de doutoramento, trabalhos de investigação, estágios curriculares, seminários e internatos, este último no caso de estudantes na área da saúde.

A impossibilidade de regresso a Portugal de estudantes e jovens que se encontram fora do país, seja em mobilidade para estudar, seja em viagens de lazer, é outra das preocupações do CNJ, que defende que seja “prioritário” dar apoio a esses portugueses através da rede consular e do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Os jovens com necessidades educativas especiais é outra das preocupações do Conselho Nacional de Jovens. Aquele órgão apela para que se garanta um “acompanhamento próximo dos jovens em situação de “especial fragilidade”, bem como aos seus cuidadores.



AO MINUTO

11:01

Presidente do Gana foi a primeira pessoa vacinada através do sistema Covax

O Presidente do Gana, Nana Akufo-Addo, tornou-se hoje a primeira pessoa no mundo a receber uma vacina contra a covid-19 financiada pela Covax, o dispositivo que visa proporcionar o acesso a estas vacinas em países de baixos rendimentos.

O Presidente, de 76 anos, cujo país recebeu o primeiro carregamento mundial de vacinas Covax na quarta-feira passada, recebeu a sua primeira vacina Oxford/AstraZeneca, de acordo com imagens transmitidas em direto pela estação pública de televisão do Gana.

"É importante que eu dê o exemplo e mostre que esta vacina é segura ao ser a primeira pessoa a recebê-la, para que todos no Gana se sintam estimulados a ser vacinados", disse o chefe de Estado num discurso.

10:52

Prorrogada até 16 de março interdição de desembarque de cruzeiros

A interdição do desembarque e licenças para terra de passageiros e tripulações dos navios de cruzeiro nos portos nacionais foi prolongada, pela 16.ª vez desde maio, até dia 16 de março, segundo despacho hoje publicado.

A prorrogação da proibição do desembarque e licenças para terra de passageiros e tripulações dos navios de cruzeiro nos portos nacionais produz efeitos "até às 00:00 horas do dia 16 de março", podendo ser prorrogado em função da evolução da situação epidemiológica.

A interdição foi determinada pelo Governo pela primeira vez às 00:00 horas de 14 de maio de 2020, até 15 de junho, e sucessivamente prorrogada, como medida de contenção das possíveis linhas de contágio, de modo a controlar a disseminação do vírus SARS-CoV-2 e da doença covid-19, "sendo que a situação epidemiológica, quer em Portugal quer noutros países, permanece por controlar", lembra o executivo no diploma hoje publicado no Diário da república, para vigorar a partir das 00:00 horas de terça-feira, quando terminava a última prorrogação do início de fevereiro.

10:34
VÍDEO

Covid-19: "É consensual que nós, enquanto sociedade, errámos durante o Natal"

Helena Ferro Gouveia analisou, esta segunda-feira, no Hoje é Notícia, se é prudente ou não desconfinar antes da Páscoa. 

Há 44 min
10:11
VÍDEO

Marta Temido: "Quanto todos estiverem a salvo, cada um de nós estará a salvo"

A ministra da Saúde anunciou que portugal vai comprar 38 milhões de vacinas contra a covid-19.

Numa entrevista à agência Lusa, marta temido assumiu ainda total responsabilidade pelas medidas que possam ter sido incorretamente tomadas no Natal. 

Há 1h e 1min
10:03

África regista 103.712 mortos e quase 3,9 milhões de infetados

África regista hoje um total de 103.712 mortes devido à covid-19 e 3.897.390 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo os dados mais recentes oficiais da pandemia no continente.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número total de recuperados nos 55 Estados-membros da organização é de 3.476.050 desde o início da pandemia.

A África Austral continua a ser região mais afetada, com 1.834.839 infetados e 56.418 mortos. Nesta região, a África do Sul, o país mais atingido pela covid-19 no continente, regista 1.513.393 casos e 49.993 mortes.

09:24
VÍDEO

Crise na hotelaria: "A nossa grande esperança para a Páscoa está no mercado nacional"

No Algarve, empresários da hotelaria prevêm uma Páscoa difícil, devido ao confinamento. A TVI esteve em Faro onde falou com a diretora de um hotel que, contrariamente a anos anteriores, espera ter apenas 15% da lotação, durante o período da Páscoa.

Há 1h e 47min
08:29
VÍDEO

Marcelo Rebelo de Sousa: "Os intensivistas são heróis particularmente qualificados"

O Presidente da República elogiou os profissionais de saúde e destacou o papel dos intensivistas no combate à covid-19.

Numa mensagem enviada para o Congresso Internacional de Cuidados Intensivos, Marcelo Rebelo de Sousa destacou a "capacidade transformadora" dos especialistas de medicina intensiva, falando de heróis qualificados e experimentados.

Há 2h e 44min
08:13
08:13
07:33
07:27
07:21
07:09
23:19
23:18
VÍDEO

"Há mais de 100 países que ainda não receberam qualquer vacina"

Paulo Portas passa em revista o processo de vacinação contra a covid-19 em todo o mundo.

Ontem às 22:54
23:18
VÍDEO

Portas recorda os quatro "critérios cumulativos" a ter em conta para o desconfinamento

Comentador da TVI sublinha que é preciso ouvir a ciência, quer para reabrir, quer para preparar essa reabertura. 

Ontem às 22:52
23:18
VÍDEO

Covid-19: “Nós achámos que éramos imunes ao risco”

Paulo Portas considera que Portugal está “num bom caminho”, no entanto, o comentador alerta que esse caminho “ainda não terminou”, apesar da melhoria significativa registada em Portugal nos últimos meses, com o país a aproximar-se da média da União Europeia, no que toca ao principal índice de transmissão, o R(t).

Ontem às 22:08
23:18
21:03

Novos casos de contágio em França descem abaixo dos 20.000

O número de novos casos diários de infeção com covid-19 registado hoje em França caiu ligeiramente abaixo de 20.000, num dia em que também houve menos mortes em hospitais, segundo as autoridades de saúde.

Em França, nas últimas 24 horas, registaram-se 19.952 novos casos de contaminação com o novo coronavírus, fazendo subir o total para 3.755.968, desde o início da pandemia.

Os números de fim-de-semana tendem a ser menores, por causa do menor número de testes, mas mantém-se, de qualquer forma, a tendência de queda dos últimos dias, com 23.996 novos casos no sábado e 25.207 na sexta-feira.

Na quarta-feira, porém, houve um pico de 31.519 novos casos de infeção, o mais elevado número desde novembro.

O número de mortes com covid-19 também caiu hoje para 122, após 186 óbitos no sábado e 286 na sexta-feira, totalizando 86.454 pessoas que perderam a vida com esta doença.

21:02

Madeira regista 48 novos casos, 78 recuperações e 127 situações suspeitas

A Madeira registou hoje 48 novos casos de covid-19, 78 recuperações e 127 situações suspeitas, indicou a Direção Regional de Saúde, referindo que o total de infeções ativas no arquipélago é agora de 1.266.

Entre os novos positivos, 43 são de transmissão local e cinco importados, provenientes da Polónia (dois), de França (dois) e da região de Lisboa e Vale do Tejo (um).

A Madeira passa a contabilizar 7.238 casos confirmados de infeção por SARS-CoV-2 desde março de 2020, já com 5.908 recuperados e 1.266 ativos.

A região regista também 64 óbitos associados à doença.

Em relação ao isolamento dos positivos, 44 pessoas estão internadas no Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, sete delas na Unidade de Cuidados Intensivos, e 17 encontram-se numa unidade hoteleira dedicada, permanecendo as restantes em alojamento próprio.

De acordo com a Direção Regional de Saúde, há 127 situações em apreciação, relacionadas com viajantes identificados no aeroporto, contactos com casos positivos ou outras situações reportadas à linha SRS24 ou ao Serviço de Saúde da Madeira.

Loading

N�o existem mais eventos...