Últimas Covid-19

Todas as notícias sobre a pandemia que já matou mais de dois milhões de pessoas em todo o mundo
04 Janeiro 2021
27 ago 2020, 16:51

Uso de máscara será obrigatório para todos os alunos em Espanha

O uso de máscara será obrigatório para todos os alunos em Espanha com 6 ou mais anos de idade no arranque do ano escolar, em setembro, devido ao aumento de casos de covid-19 registados naquele país, foi hoje divulgado.

A medida, anunciada esta quinta-feira pelo Governo espanhol, deverá ser adotada nas 17 comunidades autónomas espanholas, que gerem a área da educação de forma autónoma.

O uso obrigatório de máscaras de proteção individual por todos os alunos do ensino espanhol é uma das várias medidas acordadas durante uma reunião entre as várias comunidades autónomas e representantes do Governo central, nomeadamente com os ministros com a tutela da Educação, Saúde e da Política Territorial.

Anteriormente, o uso de máscara era apenas exigido para alunos com 12 ou mais anos de idade em algumas regiões espanholas.

O Governo espanhol também anunciou esta quinta-feira, entre outras diretrizes inscritas num documento, que a temperatura corporal dos estudantes deverá ser verificada diariamente (seja nos estabelecimentos de ensino ou nas casas dos alunos) e que as salas de aulas irão precisar de uma ventilação frequente e regular.



AO MINUTO

17:38

África receberá 50 milhões de vacinas entre abril e junho

A África do Sul assegurou pelo menos 50 milhões de vacinas para três meses de vacinação, entre abril e junho, no continente africano, anunciou hoje a ministra das Relações Internacionais e Cooperação sul-africana.

Na qualidade de presidente da UA [União Africana], o Presidente [Cyril] Ramaphosa relatou, em 13 de janeiro de 2021, numa reunião especial da Assembleia da UA, que garantiu 270 milhões de doses provisórias de vacinas para os países africanos, com pelo menos 50 milhões disponíveis para o período crucial de abril a junho de 2021", referiu a ministra sul-africana.

Naledi Pandor, que falava hoje numa videoconferência promovida pelo instituto de política internacional britânico Chatham House, com sede em Londres, adiantou que "este esforço" complementa as iniciativas Covax, da Organização Mundial de Saúde e Aliança de Vacinas Gavi, "para ajudar os países de baixo e médio rendimento a garantir o acesso às vacinas de forma justa e equitativa".

17:37

Proteção Civil de Viana do Alentejo propôs aulas não presenciais

A Proteção Civil de Viana do Alentejo propôs a passagem ao regime de aulas não presencial para todas as turmas do 3.º ciclo e do secundário do concelho, devido à covid-19, revelou hoje o presidente da autarquia.

A deliberação, disse Bernardino Bengalinha Pinto à agência Lusa, partiu da Comissão Municipal de Proteção Civil daquele concelho, do distrito de Évora, mas aguarda ainda uma resposta da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE).

Viana do Alentejo encontra-se entre os concelhos de risco extremamente elevado de contágio da covid-19, motivo pelo qual a deliberação da comissão municipal obteve parecer favorável das autoridades de Saúde Pública local e regional, acrescentou o autarca.

17:35

Voluntários são companhia virtual a pessoas com deficiência em IPSS de Fátima

O Centro de Reabilitação e Integração de Fátima (CRIF), que apoia crianças e adultos com deficiência e doença mentais, lançou o projeto “Zoomas-me uma história?”, no qual voluntários fazem companhia virtual, para combater o isolamento social devido à pandemia.

O projeto foi lançado na rede social Facebook do CRIF no dia 11 e passa por fazer uma chamada via Zoom na qual o voluntário partilha, por exemplo, um bocadinho da sua vida, conta uma história, uma canção, uma anedota ou um poema, ou “entra” nas salas da instituição para a conhecer.

Mais de 70 pessoas mostraram interesse em integrar a bolsa de voluntários virtuais, disse hoje, à agência Lusa, Rita Rosa, psicomotricista há 16 anos no CRIF.

17:32

Suspensão da caducidade dos contratos coletivos aprovada na especialidade

Os deputados aprovaram hoje, na especialidade, a proposta do Governo que suspende, por dois anos, os prazos associados à sobrevigência e caducidade das convenções coletivas de trabalho (contratos coletivos e acordos empresa).

A proposta foi aprovada na comissão parlamentar de Trabalho e Segurança Social com os votos a favor do PS e do BE, a abstenção do PCP e o voto contra do PSD e do CDS-PP, disse à Lusa o deputado socialista Tiago Barbosa Ribeiro.

De acordo com a proposta, o objetivo é suspender "durante 24 meses" os prazos de sobrevigência das convenções coletivas de trabalho previstos na lei laboral.

A medida abrange "os prazos de sobrevigência que se apliquem na sequência de denúncia de convenção coletiva realizada a partir da entrada em vigor" da proposta em causa, "bem como os prazos de sobrevigência que estejam em curso, na sequência de denúncia de convenção coletiva de trabalho realizada em data anterior", lê-se na proposta.

17:29

Rio termina hoje isolamento que vai cumprir “até ao último minuto”

O presidente do PSD, Rui Rio, revelou que termina hoje o período de isolamento profilático que lhe foi determinado pelas autoridades sanitárias e que cumprirá “até ao último minuto”, apelando a todos para que respeitem as regras.

Rui Rio anunciou no dia 10 de janeiro que teria de ficar em isolamento profilático por ter tido um contacto de alto risco com o vice-presidente Salvador Malheiro, infetado com covid-19. No dia 13, testou negativo ao novo coronavírus.

 

 

17:17

Autarcas de Lisboa querem conhecer calendário para testagem nas escolas

O grupo da Educação dos 18 municípios na Área Metropolitana de Lisboa anunciou que vai enviar pedir esclarecimentos urgentes à tutela sobre questões que consideram essenciais, entre elas o calendário para a testagem à covid-19 da comunidade escolar.

A decisão, anunciada hoje, foi tomada na segunda-feira numa reunião por videoconferência do grupo de trabalho metropolitano da Educação, constituído por vereadores e dirigentes dos 18 municípios da Área Metropolitana de Lisboa (AML) e pelo secretário metropolitano João Pedro Domingues, na qual analisaram a forma como o presente ano letivo está a decorrer.

Numa nota, a AML realçou que o balanço geral é positivo, mas “subsistem um conjunto de questões essenciais ao bom funcionamento do sistema educativo na Área Metropolitana de Lisboa que carecem de resposta, e cujo impacto está a ser agravado no segundo período, com a presente situação pandémica que o país atravessa”.

17:12

Reunião das ministras com epidemiologistas começa às 18:00

A reunião das ministras da Saúde e da Presidência, Marta Temido e Mariana Vieira da Silva, com epidemiologistas, para avaliar a evolução da pandemia em Portugal, começará às 18:00 e será realizada por videoconferência.

 

Esta reunião será decisiva para o Governo aplicar - ou não - novas medidas, como o eventual encerramento das escolas.

 

As ministras vão reunir-se, ainda esta noite, com António Costa e amanhã há Conselho de Ministros extraordinário.

16:58
16:57

Alcácer do Sal contra exclusão de funcionários municipais dos testes nas escolas

O presidente da Câmara de Alcácer do Sal (Setúbal), Vítor Proença, criticou hoje a exclusão dos funcionários municipais que trabalham nas escolas da campanha de testes rápidos à covid-19 que arrancou nos estabelecimentos de ensino.

“O agrupamento de escolas e a sua direção tentaram a inclusão dos diversos funcionários, que são pagos pelo município e a trabalhar para o agrupamento, para que fossem testados, já que o vírus não escolhe vínculos laborais”, explicou à agência Lusa.

Contudo, o autarca referiu que as informações recebidas foram de que “neste grupo não estão incluídos funcionários municipais”.

16:48

Falta de enfermeiros impede aumento do internamento para outras doenças no Oeste

A escassez de enfermeiros, alguns infetados pela covid-19, está a obrigar o Centro Hospitalar do Oeste (CHO) a adiar a abertura de uma nova ala de internamento para outras doenças no hospital de Peniche, admitiu hoje a administradora.

Dos 1.715 profissionais (das várias áreas) das três unidades do Centro Hospitalar do Oeste, 95 estão infetados e 52 estão em isolamento profilático por terem tido contactos de risco com casos de infeção, disse hoje à agência Lusa a presidente do conselho de administração do CHO, Elsa Baião.

Entre os profissionais que estão ausentes do serviço devido à pandemia de covid-19, no final da semana passada 65 eram enfermeiros, a classe profissional mais afetada, explicou.

O surto na unidade de Torres Vedras (incluindo profissionais e utentes) atingiu os 178 casos confirmados, dos quais 129 estão ativos e 34 recuperaram, e registaram-se ainda 15 mortes, disse hoje à Lusa fonte oficial do município, baseando-se nos dados reportados pelo delegado de saúde.

16:42

Câmara de Tábua contabiliza 300 casos ativos no concelho

A Câmara de Tábua estimou hoje que o número de contágios por covid-19 no concelho ronde os 300 casos ativos, o que levou o presidente, Mário Loureiro, a pedir prudência e responsabilidade à população.

Mário Loureiro disse à agência Lusa que das 300 pessoas infetadas neste município do interior, no distrito de Coimbra, cerca de 200 são utentes e trabalhadores das instituições particulares de solidariedade social (IPSS).

Temos pela frente, provavelmente, o maior desafio das nossas vidas e, por isso, deixo um apelo a toda a população do concelho [para] que seja prudente e responsável e que cumpra as medidas de higiene, segurança e prevenção recomendadas pela Direção-Geral de Saúde (DGS)", afirma o autarca, eleito pelo PS, num comunicado divulgado pelo município.

O aumento de contágios dos últimos dias é sobretudo resultado “dos surtos que recentemente se têm verificado em IPSS” – Associação Cultural, Recreativa, Defesa e Propaganda de Ázere (ACUREDEPA), Santa Casa da Misericórdia de Tábua e Fundação Sarah Beirão e António Costa Carvalho – envolvendo utentes e “um elevado número de profissionais”, refere.

16:39

Oeiras interdita praias, Jamor e jardins

A Câmara Municipal de Oeiras decidiu agravar os condicionamentos de acesso aos espaços públicos durante o estado de emergência e "envolver a Polícia Municipal na dissuasão de comportamentos violadores das regras definidas", em articulação com a Polícia de Segurança Pública e a Polícia Marítima.

Neste sentido, o presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais, determinou:

- O encerramento do Passeio Marítimo e do Parque Urbano do Complexo Desportivo do Jamor;

- A interdição das praias e areais;

- O encerramento dos parques, jardins, espaços verdes, espaços de lazer e similares que sejam vedados e que permitam a impossibilidade de acesso;

- Nos Jardins e Espaços Verdes não vedados, é apenas permitida a sua utilização para efeitos de passagem, sendo interdita a permanência naqueles locais;

- É interdita a utilização de todos os parques infantis, equipamentos para a prática desportiva e outros similares, em espaço público;

 

16:09

Sindicato dos Oficiais de Justiça propõe suspensão de prazos judiciais

 O Sindicato dos Oficiais de Justiça (SOJ) apelou hoje à suspensão dos prazos judiciais e administrativos e que os tribunais suspendam as diligências e julgamentos não urgentes, devido à situação do país provocada pela pandemia de covid-19.

Numa carta enviada ao primeiro-ministro, e que a agência Lusa teve acesso, o SOJ alega que “não é admissível que os tribunais continuem a funcionar”, e que decorram diariamente “milhares de julgamentos e outras diligências – com todos os intervenientes presentes – quando o país se encontra em estado de emergência e numa guerra contra um inimigo invisível”.

Assim, e tendo enconsideração a evolução da pandemia, e “a rutura dos serviços hospitalares", o sindicato propõe que sejam tomadas algumas medidas que já foram aplicadas, na primeira vaga da epidemia, concretamente a suspensão dos prazos judiciais e administrativos.

15:55

PSD de Viseu exorta Governo a encerrar escolas

A Comissão Política Distrital do PSD de Viseu exortou hoje o Governo a encerrar as escolas devido à covid-19, por considerar que estas "não podem continuar a ser um contribuinte ativo para aumentar a pressão hospitalar".

Em comunicado, aquela estrutura partidária refere que "o aumento exponencial do número de infeções e de mortos" impõe "que sejam tomadas medidas mais restritivas" e que "este é o tempo da política".

"Não podemos esperar por subterfúgios técnicos para tomar decisões inadiáveis. As escolas têm de encerrar, em especial o terceiro ciclo e o secundário", frisou.

15:52

Comerciantes de Paços de Ferreira preocupados com consequências da pandemia

Meia centena de comerciantes de Paços de Ferreira participaram hoje numa manifestação que culminou com a entrega, ao presidente da câmara, de uma carta com as preocupações face às consequências da pandemia de covid-19 na economia local.

"Estou muito orgulhosa do concelho, apesar de termos sido poucos comerciantes [no protesto]. O mau tempo não ajudou. Participaram cerca de 50 comerciantes", contou à Lusa uma das organizadoras do protesto naquele concelho do distrito do Porto.

Margarida Pimenta disse que foi possível "fazer passar as reivindicações dos comerciantes", destacando também o facto de os manifestantes terem sido ouvidos pelo presidente da câmara, Humberto Brito, "que manifestou o seu apoio", contou à Lusa.

15:37

Bombeiros do Distrito de Santarém alertam que há limites para aumento de ocorrências

A Federação dos Bombeiros do Distrito de Santarém (FBDS) disse hoje que a capacidade de resposta operacional "está a 100%", sem registo de surtos de covid-19 dentro das corporações, mas alertou que há limites para o aumento de ocorrências.

“Os bombeiros têm sempre alguma folga [na capacidade de resposta], porque é uma estrutura bastante flexível, mas tem limites, sobretudo se tivermos surtos internos, esse é o grande risco, ou se as ambulâncias começarem a ficar estacionadas nos hospitais”, avançou João Furtado, presidente da FBDS, federação que congrega 28 associações humanitárias e corpos de bombeiros do distrito de Santarém.

Em declarações à agência Lusa, o representante afirmou que a situação pandémica em Portugal é “muito grave”, defendendo que, “se não houver uma redução dos números [de casos de infeção da covid-19], vários serviços vão entrar no limite da capacidade”.

15:34

Região Centro aumenta número de vagas em enfermaria e cuidados intensivos

A região Centro aumentou o número de vagas em enfermaria e cuidados intensivos com a abertura de mais camas, disse hoje à agência Lusa fonte da Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC).

De acordo com a ARSC, foram criadas 24 camas em enfermaria para doentes covid-19 e sete em unidades de cuidados intensivos.

Neste momento, segundo aquele organismo, os hospitais da região dispõem de 1.184 camas ativas de enfermaria para doentes covid-19 e 136 de unidades de cuidados intensivos, que estão com uma taxa de ocupação de 96% e 88%, respetivamente.

15:33
VÍDEO

Covid-19: vácuo é a resposta de muitos chefs para lidar com o take-away

A equipa de reportagem da TVI percorreu o caminho que fazem os pratos entregues por take-away. Para muitos chefs, a solução passa por embalar os alimentos a vácuo.

Há 2h e 29min
15:33
VÍDEO

Covid-19: por que andamos insensíveis aos números?

Especialistas explicam à TVI o porquê de a população estar cada vez mais insensível aos números da pandemia, que vão registando valores recorde.

Há 2h e 35min
15:33
VÍDEO

Agravamento da pandemia leva TAP a cortar ainda mais as operações para os próximos meses

A ordem do presidente executivo da TAP é para cortar ainda mais a operação da transportadora aérea prevista para os próximos meses, segundo uma mensagem enviada aos trabalhadores e a que a TVI teve acesso.

Há 2h e 52min
Loading

N�o existem mais eventos...