O fabricante francês Renault vai apresentar os quatro novos modelos de veículos eléctricos no Salão do Automóvel de Frankfurt, na quarta-feira, seguindo o plano traçado pelo presidente da empresa para converter a marca em «líder mundial» do sector, revela a EFECOM.

«O carro eléctrico só faz sentido se for possível beneficiar dele em todo o mundo», defende Carlos Ghosn, reconhecendo que só o lançamento só será possível devido às ajudas do Estado francês.

O anúncio da marca acontece depois do anúncio das autoridades de que vão comprar pelo menos 40.000 veículos eléctricos para substituir as frotas dos correios, dos aeroportos de Paris, da energética francesa e do próprio Estado.

Os automóveis começam a ser vendidos na Europa e em Israel entre 2011 e 2012.
Redação / DC