A página da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol na internet foi «pirateada» neste domingo.

Logo no topo da página aparece a imagem do «hacker» Rui Pinto, que esta semana ficou a saber que vai a julgamento por 90 crimes.

A mensagem deixada pelos autores do ataque informático acusa as autoridades portuguesas de nada estarem a fazer para investigar a corrupção a partir das informações reveladas pela plataforma «Football Leaks», e sugere que seja alterada a lei de forma a permitir que isso possa acontecer futuramente.

Ao que o Maisfutebol apurou os órgãos sociais da APAF ainda estão a averiguar o caso, mas é certo que será apresentada uma queixa junto das autoridades.

Nuno Travassos