Armando Evangelista, treinador do Arouca, em declarações aos jornalistas após o empate com o Marítimo (2-2):

[Resultado justo?]

«Entrámos bem no jogo, conseguimos chegar à vantagem e depois tivemos 10 minutos de indefinições que nos fizeram pagar caro. Tivemos um lance na área do Marítimo, possivelmente grande penalidade, que criou desconcentração, juntamente com mais alguns lances em que não soubemos aceitar a forma como foi ajuizada. 

Na segunda parte, tivemos a capacidade de ter bola, de saber utilizar os três corredores, de colocar mais gente próxima da área do Marítimo, preenchemos melhor as zonas de finalização e fomos audazes na forma como o fizemos.

No final fica um amargo, porque estavam duas equipas nitidamente à procura de ganhar. Por tudo aquilo que o Arouca fez e, aceitando o resultado, provavelmente estivemos mais próximos de conquistar os três pontos. Acho que merecíamos mais qualquer coisa pela nossa audácia e pela qualidade de jogo que apresentamos.»

Raul Caires