O número de baixas fraudulentas identificadas pelo Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social (MTSS) quase triplicou desde 2004, em resultado da intensificação das inspecções aos beneficiários de baixa por doença. Quando ainda faltam contabilizar os dados do último mês, o Executivo está já muito próximo de cumprir a meta fixada para 2008 de fiscalizar a totalidade das baixas médicas de média e longa duração.

Outros títulos

Tomada de posse de Barack Obama: embaixador americano céptico

Visabeira lança OPA sobre Vista Alegre

Caixa geral de Depósitos trava aquisições em Espanha

Zon avança para quinto canal mas deixa cair projecto Rangel
Redação / CPS