O gigante bancário Hong Kong and Shanghai Bank Corporation (HSBC) viu o lucro cair 57 por cento no primeiro semestre, sob o impacto de um novo aumento das provisões para cobrir perdas no mercado do crédito.

O banco, o maior da Europa e um dos maiores do mundo em capitalização bolsista registou uma queda do lucro líquido para 3,347 mil milhões de dólares (2,3 mil milhões de euros).

Os resultados foram superiores às expectativas dos analistas consultados pela agência de informação financeira «Bloomberg» cuja média de previsões apontava para perdas de 600 milhões de dólares (cerca de 420 milhões de euros).
Redação / JF