A crise na economia global, provocada pela pandemia de covid-19, pode demorar cinco anos a recuperar, adiantou esta quinta-feira a economista-chefe do Banco Mundial, Carmen Reinhart, citada pela Reuters.

O Banco Mundial tem sede em Washington, nos Estados Unidos, e é dos maiores financiadores de projetos de infraestrutura em países em desenvolvimento.

Em junho, o BANCO MUNDIAL (BM) previu uma RECESSÃO mundial de 5,2% em 2020, a mais profunda em oito décadas, "APESAR DAS POLÍTICAS SEM PRECEDENTES" de mitigação do impacto da Covid-19, segundo as Perspetivas Económicas Mundiais.

Leia também: Banco Mundial estima recessão de 5,2%, a mais profunda desde a ii guerra mundial
 

Rafaela Laja