Na antevisão do jogo com o Estoril, da segunda mão da meia-final da Taça de Portugal, Jorge Jesus foi questionado sobre se vencer o troféu atenuaria uma época abaixo das expectativas.

«Isto ainda não acabou e já me está a fazer uma pergunta sobre o final da época. Primeiro temos de jogar com o Estoril, chegar à final, e depois vencer a final», começou por dizer o técnico do Benfica.

«Se me pergunta se é importante chegar à final e vencer: É. Seja em época positiva ou negativa. O Benfica chegando a uma final da Taça de Portugal é fundamental ganhar a final. Se a época for negativa é mais importante? Não, é a mesma coisa. Fundamental é ganhar o troféu, a segunda prova mais importante do futebol português», frisou Jesus.

«Falta um jogo, estamos em vantagem, mas temos de respeitar seja que adversário for. Temos a cerreza  que durante o jogo o Estoril é uma equipa organizada. Quando está em ataque posicional, tem qualidade técnica e é capaz de criar problemas, como nos criou a Amoreira», recordou a propósito do jogo que o Benfica venceu por 3-1, mas no qual esteve a perder.

Apesar a vantagem na eliminatória, o treinador das águias recusou a ideia de que a presença na final da Taça seja já um dado adquirido. «Claro que temos uma vantagem de dois golos, jogamos no nosso estádio, independentemente de não ter público. Mas vocês sabem que no futebol há surpresas em todos os jogos e hoje ainda há mais. A equipa e o treinador do Benfica não sentem garantida esta passagem. Falta um jogo e temos de respeitar o adversário.

(artigo atualizado)

David Marques / Benfica Campus, Seixal