Com quatro competições em disputa, o Benfica mal tem tido tempo para assentar em casa. Tem sido jogar, recuperar e viajar.

Jorge Jesus aceita isso com naturalidade, até porque não é um problema exclusivo dos encarnados, e diz até que, por ele, as águias jogavam todos os dias.

«Falta de tempo para treinar? Nem o Benfica nem os outros [têm tempo para treinar], isto acontece às equipas que estão na Europa. Mas isso não é desculpa para nada, é aqui que estamos. Se fosse possível jogávamos todos os dias, é sinal de que estávamos em todas [as competições]. Preparámos o jogo na teoria para nos tentarmos preparar para o que pode acontecer», disse, na conferência de imprensa de antevisão ao Estoril.

Curiosamente, o registo defensivo da equipa da Luz nos últimos jogos quebrou, e são já nove golos consentidos nas últimas cinco partidas. Jesus reconhece que isso tem a ver com a tal falta de treino.

«Claro que me preocupa o número de golos sofrifos, não treinamos e começamos a perder rotinas. O Benfica sofreu 14 golos em 18 jogos, metade desse número foi registado nos últimos três jogos. Isso tem a ver com a falta de treino. Claro que os adversários têm alguma influência nisso. Mas tudo isso acrescenta dificuldade», admitiu.

Rafael Vaz / Benfica Campus, Seixal