Melhor marcador da fase de qualificação para o Euro sub-21, Gonçalo Ramos voltou a brilhar pela Seleção Nacional desse escalão, ao fazer um hat-trick frente ao Chipre – já havia faturado no jogo anterior, também ante os cipriotas.

Pelo Benfica, no entanto, o jovem avançado ainda não balançou as redes nos 17 jogos que fez de águia ao peito esta época. Na antevisão ao jogo com o Paços de Ferreira, Jorge Jesus desvalorizou essa ‘seca’ de golos.

«Não é do Gonçalo, é o problema de todos os avançados. Os avançados vivem de golos e quando estão muito tempo sem concretizar, sentem algum desconforto e é por isso que estão cá os treinadores, para os confortar. O Gonçalo Ramos joga num grande clube, onde tem jogadores que jogam na posição dele que são internacionais nos respetivos países, como o Seferovic, o Yaremchuk e o Darwin», começou por dizer.

E terá Gonçalo oportunidade frente aos pacenses? A prioridade é para quem esteve a trabalhar no Seixal, diz Jesus.

«Agora teve a oportunidade de fazer quatro golos, isso deu-lhe alguma confiança para concretizar, mas eu tive comigo a trabalhar durante duas semanas o Darwin e o Seferovic. E ao serviço das seleções esteve ele e o Yaremchuk. Portanto a prioridade é para os que estiveram a trabalhar comigo», atirou.

Rafael Vaz / Benfica Campus, Seixal