Rui Vitória assume que o empate diante do Ajax (1-1), no Estádio da Luz, na passada quarta-feira, teve um «impacto» negativo na equipa, mas também encontrou pontos positivos no rescaldo do jogo com os holandeses. O negativo é óbvio, uma vez que o resultado atrapalha as contas do Benfica no grupo, mas o treinador ficou satisfeito com a «reação» dos jogadores aos desaires anteriores.

«Teve o impacto que tem quando normalmente não se ganha. Queríamos vencer, como não conseguimos, teve o impacto que não se ganhou. Além disso vem no seguimento de outras derrotas. Mas também teve o impacto de uma equipa muito convicta, que trabalhou bastante e que teve uma dose de infelicidade que fez toda a diferença. Do ponto de vista da prestação, em termos do que queríamos, a reação foi positiva», destacou.

As contas ficaram muito complicadas na corrida para os oitavos de final, mas o treinador não atira a toalha ao chão. «Matematicamente ainda é possível, há seis pontos para se disputar e vamos disputá-los de forma determinada, depois no final fazemos as contas. O adversário marcou um golo, se não tivesse marcado, estávamos agora aqui numa posição vantajosa. Queremos agarrar o jogo como fizemos na quarta-feira, mas queremos ganhar», destacou ainda.

Ricardo Gouveia / Centro de Estágios no Seixal